CVM necessita de mais de USD120 milhões para o normal funcionamento

segunda, 10 setembro 2018 13:14
Rate this item
(0 votes)

A Cruz Vermelha Moçambique precisa, urgentemente, de mais de cento e vinte milhões de dólares, para a implementação do seu Plano Estratégico e para garantir o normal funcionamento desta organização humanitária.

 

A preocupação foi expressa esta segunda-feira, em Maputo, pela directora da área de Desenvolvimento Institucional, Maria Justina Uamusse, durante o encontro que a Cruz Vermelha Moçambique manteve com os parceiros, para angariação de fundos.

Maria Justina Uamusse disse que a Cruz Vermelha Moçambique enfrenta dificuldades financeiras, o que impede o desenvolvimento normal de intervenções humanitárias.

O Presidente da Cruz Vermelha Moçambique, Avelino Mondlane, apontou os serviços sociais e de saúde, como sendo as áreas que precisam de mais intervenção financeira.

O encontro desta segunda-feira contou com a presença de parceiros como a Cruz Vermelha da Bélgica, Itália, Espanha, Alemanha, o Comité Internacional da Cruz Vermelha, Organização das Nações Unidas e outras entidades. (RM)

Read 207 times

Escolha do editor

Publicidade

Cultura

Sociedade

Rádios Online

Antena Nacional

EP Gaza

EP Sofala

RM Desporto

EP Nampula

Inquerito

O que acha do nosso novo website?

Meteorologia

Breezy

15°C

Maputo, MZ

Breezy

Humidity: 75%

Wind: 41.84 km/h

Programação

Contacto

Direcção de Informação: email: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.; Fixo 21 42 99 08, Fax 21 42 98 26 | Rua da Radio N 2, P.O.Box 2000 | Rádio Moçambique, EP

Conecte-se Connosco