Top Ad
Millenium Bim
www.bimcom
A sua banca aqui consigo
Matola Gas Company
www.mgc.com
A força da energia limpa moçambiana!

Puigdemont renuncia à liderança da Generalit catalã. Sugere Jordi Sànchez

Published in Política
sexta, 02 março 2018 08:20
Rate this item
(0 votes)

O antigo presidente do governo catalão descarta a possibilidade de apresentar-se na investidura.
Num vídeo divulgado na tarde desta quinta-feira na sua página do Twitter, Carles Puigdemont renunciou à presidência da Generalitat. No vídeo intitulado de 'Mensagem Institucional do presidente da Generalitat da Catalunha', Puigdemont explica que não vai apresentar-se para a investidura, o ponto indispensável para que assumisse a liderança do governo catalão. Na mensagem, Carles Puigdemont sugere o nome de Jordi Sànchez, o número dois do seu partido, o Juntos pela Catalunha, para ocupar o cargo de presidente da Generalitat. Sànchez que, convém referir, está em prisão preventiva há quatro meses acusado de sedição.
No vídeo, Puigdemont diz que informou Roger Torrent, o presidente do parlamento catalão, que de forma "provisória" não vai apresentar a sua candidatura à presidência.
"Pedi-lhe para começar o mais rapidamente possível a sua ronda de contactos com os grupos parlamentares para proceder à eleição de um novo candidato para a presidência de um governo autónomo".
De seguida, Puigdemont propõe Sànchez. "Ele é o número dois da nossa lista e representa os valores do Juntos pela Catalunha como mais ninguém e é um homem de paz, injustamente preso". O antigo presidente catalão destaca que a candidatura de Jordi Sànchez "é a única maneira de acordar um governo nas condições actuais".
Puigdemont afirma ainda que vai "empreender uma ofensiva jurídica e política a nível internacional. Nesse sentido adianta que, nesta terça-feira, uma equipa de advogados apresentou em seu nome "uma acção judicial contra o estado espanhol perante a Comité de Direitos Humanos da ONU". Em causa está uma "demanda pela violação da Declaração Universal dos Direitos Humanos e da Carta dos Direitos Civis e Políticos, instrumentos que reconhecem expressamente o direito à autodeterminação".
Pede ainda às forças pró-independência para não desistirem. "Nós, catalães, merecemos ser tratados com dignidade e isso não acontece hoje". E acredita que essa persistência irá colher frutos. "Tenho plena confiança de que vamos ganhar e que um dia, espero que em breve, possa voltar à Catalunha como um homem livre e que as nossas instituições também tenham a liberdade para investir o candidato escolhido pela maioria".(RM /NMinuto)

Read 374 times

Escolha do editor

Publicidade

Cultura

Música e Dança moçambicanas na Ilha Reunião

Música e Dança moçambicanas na Ilha Reunião

A Companhia Nacional de Canto e Dança, o maior e melhor projecto cultural moçambicano concebido no p...

Rádios Online

Antena Nacional

EP Gaza

EP Sofala

RM Desporto

EP Nampula

Inquerito

O que acha do nosso novo website?

Meteorologia

Windy

23°C

Maputo, MZ

Windy

Humidity: 67%

Wind: 61.15 km/h

Programação

Contacto

Direcção de Informação: email: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.; Fixo 21 42 99 08, Fax 21 42 98 26 | Rua da Radio N 2, P.O.Box 2000 | Rádio Moçambique, EP

Conecte-se Connosco