Top Ad
Millenium Bim
www.bimcom
A sua banca aqui consigo
Matola Gas Company
www.mgc.com
A força da energia limpa moçambiana!

Misau introduz vacina combinada contra Sarampo e Rubéola

Written by 
Published in Ciência & Tecnologia
quarta, 07 março 2018 17:59
Rate this item
(0 votes)

O Ministério da Saúde vai introduzir, a partir deste ano, a vacina combinada contra o sarampo e a rubéola para garantir imunização e crescimento saudável à todas as crianças moçambicanas com idades entre seis meses e 14 anos.

Falando esta terça-feira, em Maputo, em conferência de imprensa, a porta-voz do MISAU, Lídia Chongo, disse que as duas doenças continuam a ser um problema de saúde pública, com maior incidência nas zonas rurais.
Em termos de sintomatologia, a rubéola é semelhante ao sarampo. Ela normalmente ocorre na infância, mas pode acometer adultos não vacinados ou que nunca tiveram rubéola. A virose surge apenas uma vez na vida. Mas se adquirida durante a gravidez pode gerar deformações no feto e até aborto.
Na ocasião, Chongo tambem anunciou que, no presente ano, a campanha nacional de vacinação vai custar cerca de sete milhões de dólares norte-americanos mobilizados pelo Governo e parceiros dos quais se destaca o executivo norte-americano e a Organização Mundial da Saúde (OMS).
Cerca de 12 milhões de crianças deverão ser abrangidas pela campanha que vai decorrer em duas fases. A primeira será de 09 a 15 de Abril próximo nas províncias de Niassa, Cabo Delgado, Nampula e Zambézia; e a segunda, de 21 a 25 de Maio, nas províncias de Tete, Manica, Sofala, Inhambane, Gaza, Maputo Província e Cidade. 
“Esta campanha será feita de forma faseada devido a questões logísticas sobretudo em termos de recursos humanos qualificados para permitir uma cobertura de vacinação e suplementação com vitamina A e desparasitação com mebendazol, em simultâneo a escala nacional,” disse Chongo.
Na ocasião, a porta-voz fez saber que mais de 90 mil casos de sarampo foram notificados nos últimos sete anos e mais de metade destes ocorreram em crianças com mais de dois anos de idade.
A fonte reconheceu que apesar dos avanços alcançados nos últimos 04 a 05 anos, em termos de cobertura, a vacinação ainda é insuficiente, tendo em conta que em 2011 a percentagem de crianças que recebeu a vacina contra o sarampo durante o primeiro ano de vida foi de 66 por cento.
Assim, segundo Chongo, todas as famílias, líderes comunitários, organizações da sociedade civil, e a comunicação social são chamados a prestar o seu apoio para que esta campanha seja um sucesso.
Ela disse que a campanha vai integrar brigadas móveis que se deslocarão `as escolas para que não haja grandes constrangimentos no decurso normal de aulas.
Em 2017, a primeira dose de vacinação contra o sarampo atingiu 84 por cento e a segunda 51. Estes índices estão ainda longe do alcance da meta de 95 por cento recomendada pela OMS. (RM)

Read 1571 times

Escolha do editor

Publicidade

Cultura

Sociedade

Rádios Online

Antena Nacional

EP Gaza

EP Sofala

RM Desporto

EP Nampula

Inquerito

O que acha do nosso novo website?

Meteorologia

Mostly Cloudy

21°C

Maputo, MZ

Mostly Cloudy

Humidity: 67%

Wind: 22.53 km/h

Programação

Contacto

Direcção de Informação: email: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.; Fixo 21 42 99 08, Fax 21 42 98 26 | Rua da Radio N 2, P.O.Box 2000 | Rádio Moçambique, EP

Conecte-se Connosco