Top Ad
Millenium Bim
www.bimcom
A sua banca aqui consigo
Matola Gas Company
www.mgc.com
A força da energia limpa moçambiana!

Misau introduz vacina combinada contra Sarampo e Rubéola

Written by 
Published in Ciência & Tecnologia
quarta, 07 março 2018 17:59
Rate this item
(0 votes)

O Ministério da Saúde vai introduzir, a partir deste ano, a vacina combinada contra o sarampo e a rubéola para garantir imunização e crescimento saudável à todas as crianças moçambicanas com idades entre seis meses e 14 anos.

Falando esta terça-feira, em Maputo, em conferência de imprensa, a porta-voz do MISAU, Lídia Chongo, disse que as duas doenças continuam a ser um problema de saúde pública, com maior incidência nas zonas rurais.
Em termos de sintomatologia, a rubéola é semelhante ao sarampo. Ela normalmente ocorre na infância, mas pode acometer adultos não vacinados ou que nunca tiveram rubéola. A virose surge apenas uma vez na vida. Mas se adquirida durante a gravidez pode gerar deformações no feto e até aborto.
Na ocasião, Chongo tambem anunciou que, no presente ano, a campanha nacional de vacinação vai custar cerca de sete milhões de dólares norte-americanos mobilizados pelo Governo e parceiros dos quais se destaca o executivo norte-americano e a Organização Mundial da Saúde (OMS).
Cerca de 12 milhões de crianças deverão ser abrangidas pela campanha que vai decorrer em duas fases. A primeira será de 09 a 15 de Abril próximo nas províncias de Niassa, Cabo Delgado, Nampula e Zambézia; e a segunda, de 21 a 25 de Maio, nas províncias de Tete, Manica, Sofala, Inhambane, Gaza, Maputo Província e Cidade. 
“Esta campanha será feita de forma faseada devido a questões logísticas sobretudo em termos de recursos humanos qualificados para permitir uma cobertura de vacinação e suplementação com vitamina A e desparasitação com mebendazol, em simultâneo a escala nacional,” disse Chongo.
Na ocasião, a porta-voz fez saber que mais de 90 mil casos de sarampo foram notificados nos últimos sete anos e mais de metade destes ocorreram em crianças com mais de dois anos de idade.
A fonte reconheceu que apesar dos avanços alcançados nos últimos 04 a 05 anos, em termos de cobertura, a vacinação ainda é insuficiente, tendo em conta que em 2011 a percentagem de crianças que recebeu a vacina contra o sarampo durante o primeiro ano de vida foi de 66 por cento.
Assim, segundo Chongo, todas as famílias, líderes comunitários, organizações da sociedade civil, e a comunicação social são chamados a prestar o seu apoio para que esta campanha seja um sucesso.
Ela disse que a campanha vai integrar brigadas móveis que se deslocarão `as escolas para que não haja grandes constrangimentos no decurso normal de aulas.
Em 2017, a primeira dose de vacinação contra o sarampo atingiu 84 por cento e a segunda 51. Estes índices estão ainda longe do alcance da meta de 95 por cento recomendada pela OMS. (RM)

Read 1976 times

Economia

China e Estados Unidos voltam a discutir comércio no final deste mês

China e Estados Unidos voltam a discutir comércio no final deste mês

A próxima ronda de negociações para pôr fim à guerra comercial entre a China e os Estados Unidos rea...

Escolha do editor

Publicidade

Cultura

Expostos documentos sobre obras públicas em Angola e Moçambique

Expostos documentos sobre obras públicas em Angola e Moçambique

Uma exposição denominada (Colonizando África: Relatórios das obras Públicas em Angola e Moçambique:...

Rádios Online

Antena Nacional

EP Gaza

EP Sofala

RM Desporto

EP Nampula

Inquerito

O que acha do nosso novo website?

Meteorologia

Mostly Cloudy

22°C

Maputo, MZ

Mostly Cloudy

Humidity: 82%

Wind: 20.92 km/h

Programação

Contacto

Direcção de Informação: email: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.; Fixo 21 42 99 08, Fax 21 42 98 26 | Rua da Radio N 2, P.O.Box 2000 | Rádio Moçambique, EP

Conecte-se Connosco