Top Ad
Millenium Bim
www.bimcom
A sua banca aqui consigo
Matola Gas Company
www.mgc.com
A força da energia limpa moçambiana!

Companhia aérea de Cabo Verde proibida de voar para Itália

Published in Recomendado
sexta, 20 julho 2018 16:43
Rate this item
(0 votes)

A companhia de aviação Cabo Verde Airlines, TACV, foi proibida de voar para Itália a partir desta sexta-feira, por causa dos cancelamentos de voos nos últimos dias, mas a empresa informou que já está a resolver a situação.

 

Em comunicado, a autoridade de aviação civil italiana, ENAC, informou que revogou as autorizações para a transportadora cabo-verdiana para operar nos seus aeroportos, "tendo em conta os cancelamentos de voos nos últimos dias", que causaram "transtornos a centenas de passageiros".

A ENAC informou que pediu uma lista de passageiros afectados e solicitou a Cabo Verde Airlines a suspender a venda de passagens com destino a Itália.

A reguladora pediu ainda à Agência de Aviação Civil cabo-verdiana, "informações sobre a situação da empresa e uma intervenção sobre a mesma para resolver as dificuldades que surgiram, tendo em consideração a temporada de verão em andamento".

Em comunicado de imprensa, a Cabo Verde Airlines informou que já solicitou à ENAC a suspensão dessa revogação de voar para Itália, garantindo que já estão criadas as condições para a "normalização gradual" dos voos.

Desde o início do mês que a transportadora cabo-verdiana está a cancelar voos, justificando-se com o atraso na reposição de frota, mas garantindo que a situação está a ser resolvida com a chegada a Cabo Verde de duas aeronaves.

"A companhia continua a envidar todos os esforços com vista à normalização da operação e a assumir a protecção de todos os passageiros e a responsabilidade perante os parceiros locais, que têm ajudado a encaminhar os passageiros para companhias terceiras", prosseguiu, indicando que já assegurou a protecção de 90% dos passageiros em todos os países onde opera.

Na semana passada, a empresa informou que tinha cancelado 52 voos, afectando cerca de 7.550 passageiros.

A Cabo Verde Airlines está em processo de reestruturação, tendo o Governo assinado com o grupo islandês Icelandair um contrato de gestão, de forma a preparar a empresa para a privatização.

O contrato de gestão terminou e o Governo cabo-verdiano estima poder avançar brevemente com a privatização da empresa através da venda directa de 51% a um parceiro estratégico.

A Icelandair tem sido apontada como esse parceiro estratégico, mas a empresa ainda não divulgou se vai avançar para o negócio.

Com um passivo acumulado de mais de 100 milhões de euros, a companhia, que mudou a sua base operacional da capital cabo-verdiana (Praia) para a ilha do Sal, assegura agora apenas as ligações internacionais, depois de ter sido cedido à Binter Cabo Verde o mercado doméstico.

O processo de privatização da TACV prevê a venda total da empresa, reservando 51% do capital para um parceiro estratégico, 39% das acções para investidores institucionais e 10% para emigrantes e trabalhadores. (RM-NM)

Read 290 times

Escolha do editor

Publicidade

Cultura

Rádios Online

Antena Nacional

EP Gaza

EP Sofala

RM Desporto

EP Nampula

Inquerito

O que acha do nosso novo website?

Meteorologia

Partly Cloudy

18°C

Maputo, MZ

Partly Cloudy

Humidity: 75%

Wind: 16.09 km/h

Programação

Contacto

Direcção de Informação: email: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.; Fixo 21 42 99 08, Fax 21 42 98 26 | Rua da Radio N 2, P.O.Box 2000 | Rádio Moçambique, EP

Conecte-se Connosco