Presidente do banco africano diz que África é "o lugar para se estar"

Published in Economia
quinta, 06 setembro 2018 19:00
Rate this item
(0 votes)

O Presidente do Banco Africano de Desenvolvimento, BAD, Akinwumi Adesina, apelou à participação de empresários chineses no África Investment Fórum, agendado para Novembro, em Joanesburgo, África do Sul, dizendo que o continente é "o lugar para se estar".

 

Adesina lançou o repto aos representantes presentes na 6.ª Conferência de Empreendedores Chineses e Africanos, que decorreu à margem da terceira cimeira do Fórum de Cooperação China-África (FOCAC), em Pequim, esta semana, de acordo com um comunicado partilhado no portal da instituição financeira, consultado hoje pela Lusa.

"Tenho a certeza que todos sabem que África é o lugar para se estar. As economias africanas crescem bem e as previsões da taxa de crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) para este ano são de 4,1%", constatou.

Adesina teve várias reuniões com autoridades de alto nível e empresários chineses, liderados pelo vice-primeiro-ministro, Liu He, pelo governador do Banco Popular da China, Yi Gang, e pelo presidente do Banco de Desenvolvimento da China, Zheng Zhijie.

Adesina, antigo ministro da Agricultura e do Desenvolvimento Rural na Nigéria, salientou o compromisso que a China tem com África.

"A China não promete apenas, a China cumpre", disse, à China Economic News quando questionado sobre o que diferenciaria a aliança sino-africana.

O presidente do banco africano apontou que a presença de dez mil empresas e 1,3 milhões de Chineses naquele continente é também um sinal da crescente parceria entre os dois blocos.

Para o responsável, o desequilíbrio comercial significativo é um desafio que deve ser atacado, tendo pedido ainda que as empresas chinesas investissem e não apenas fornecessem empréstimos ou cumprissem contratos.

O África Investment Forum irá convocar patrocinadores, mutuários, credores e investidores, necessários para acelerar os investimentos em África.

O evento de três dias deverá abordar fundos de pensão globais, fundos soberanos e outros investidores do sector financeiro.

O fórum irá também unir uma rede de instituições financeiras com instrumentos para reduzir os riscos de certas oportunidades de investimento.

Durante o seu discurso na abertura do FOCAC, o Presidente chinês, Xi Jinping, referiu que o África Investment Forum é fundamental para "a construção de um futuro partilhado".

Em 2017, o volume de negócios entre China e África alcançou os 174 mil milhões de dólares, um crescimento assinalável em relação aos 10 mil milhões de dólares de 2000.

O investimento directo chinês em África também aumentou dos 10 mil milhões de dólares em 2010, para 60 mil milhões de dólares, em 2017. (RM-NM)

Read 235 times

Escolha do editor

Publicidade

Rádios Online

Antena Nacional

EP Gaza

EP Sofala

RM Desporto

EP Nampula

Inquerito

O que acha do nosso novo website?

Meteorologia

Sunny

34°C

Maputo, MZ

Sunny

Humidity: 37%

Wind: 28.97 km/h

Programação

Contacto

Direcção de Informação: email: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.; Fixo 21 42 99 08, Fax 21 42 98 26 | Rua da Radio N 2, P.O.Box 2000 | Rádio Moçambique, EP

Conecte-se Connosco