Rádio Moçambique

Switch to desktop

Artigos

Strauss-Kahn é ouvido na França em inquérito sobre prostituição

 

alt

O político francês Dominique Strauss-Kahn foi levado nesta terça-feira para ser interrogado por polícias que investigam uma suposta rede de prostituição desbaratada na cidade de Lille, norte da França.

Ex-ministro das Finanças e ex-director-gerente do FMI, Strauss-Kahn chegou a ser visto como favorito na eleição presidencial francesa de 2012, mas viu a sua carreira política desmoronar ao ser detido em maio do ano passado, em Nova Iorque, sob acusação de agressão sexual contra uma camareira de hotel.

O caso foi arquivado, mas Strauss-Kahn viu-se obrigado a renunciar ao comando do FMI e desistir da candidatura presidencial.

No caso de Lille, a polícia quer apurar se Dominique Strauss-Kahn sabia que mulheres em festas sexuais nas quais ele participou em Paris e Washington eram prostitutas que teriam sido agenciadas por uma rede que fornecia mulheres a executivos.

Um advogado de Strauss-Kahn disse que o seu cliente não tinha como saber que as mulheres eram prostitutas.

Strauss-Kahn chegou à delegacia sem falar com os jornalistas. Ele pode passar até 48 horas detido, e será indiciado se os polícias entenderem que ele se beneficiou de dinheiro desviado de contas corporativas para o pagamento das mulheres.

Direcção Comercial:  email: dcomercial@rm.co.mz; Fixo 21 300421, Fax 21 30 61 40 | Direcção de Marketing e Relações Publicas,  email: dmarketing@rm.co.mz; Fixo 21 300421, Fax 21 30 61 40; | Rua da Radio N 2, P.O.Box 2000 | Rádio Moçambique - 2014. Implementado por mozclique.com

Top Desktop version