Rádio Moçambique

A+ A A-

Artigos

Em nova entrevista, Snowden diz: "não sou herói nem traidor, sou americano"

Hotel em Hong Kong onde Snowden se hospedou:

Em entrevista exclusiva a um jornal de Hong Kong, o americano Edward Snowden prometeu novas revelações, sobre o programa secreto de vigilância electrônica nos Estados Unidos, trazido a público por ele na semana passada. Segundo o site do South China Morning Post, ele deu mais "detalhes explosivos", falou sobre o que planeia fazer agora, as medidas tomadas pelas autoridades americanas até o momento e o temor de que algo possa acontecer aos seus familiares.

É a primeira entrevista de Snowden desde que ele falou em exclusivo ao jornal británico The Guardian. Ao que parece, o jornal de Hong Kong está a publicar a entrevista aos poucos. Num dos primeiros trechos divulgados, o ex-funcionário de uma empresa que presta serviços à Agência de Segurança Nacional (NSA, na sigla em inglés) respondeu o que ele acha sobre o facto de que os seus actos estão a ser tanto apoiados quanto condenados no mundo inteiro: "Eu não sou nem um traidor, nem um herói. Eu sou um americano".

Snowden também falou sobre ter escolhido Hong Kong como o local em que divulgou as informações. "As pessoas que acham que eu errei em escolher Hong Kong não entenderam as minhas intenções. Eu não estou aqui para me esconder da Justiça; estou aqui para revelar a criminalidade", disse, acrescentando em seguida que pretende lutar contra tentantivas de extradição. "A minha intenção aqui é deixar o meu destino nas mãos das pessoas e do governo de Hong Kong. Não tenho dúvidas para duvidar do seu (de Hong Kong) sistema", afirmou ao South China Morning Post. 

"Eu tive muitas oportunidades para sair daqui, mas eu preferi ficar para lutar contra o governo dos Estados Unidos na Justiça, pois eu tenho fé no estado de direito de Hong Kong", disse ainda. 

Snowden disse que ainda não conversou com os seus familiares desde que deixou o país porque teme pela sua segurança e pela deles. "Eu nunca me sentirei segurdo", afirmou. "As coisas têm sido muito difíceis para mim, mas falar a verdade sobre o poder sempre traz riscos. Está a ser difícil, mas eu ficou feliz em ver o público global falar contra esse tipo de violações sistemáticas de privacidade".

Sobre o facto de ter supostamente recebido uma oferta de asilo do governo russo, ele disse que o seu único comentário é "que está feliz em ver governos a recusar serem intimidados" pelos Estados Unidos. 

No texto, a jornalista do South China Morning Post Lana Lam escreveu que a confisão de Snowden transformou-se num "frenesim midiátido na ilha, com jornalistas do mundo inteiro a tentar encontra-lo". O escândalo também causou um intenso debate na cidade se o americano deveria permanecer em Hong Kong e se Pequim deve ou não interferir em caso de um pedido de extradição. 

Leia aqui: Vendas do livro '1984' disparam 7.000% após escândalo de espionagem

Situação de Snowden indefinida

Hong Kong tem um tratado de extradição com os Estados Unidos, mas embora tenha certa autonomia, a ilha em última instância responde a Pequim, e a China pode exercer o seu direito veto sobre qualquer decisão judicial local. Até agora, não há sinais de que as autoridades de Hong Kong tenham abordado ou interrogado Snowden, que foi visto pela última vez a deixar um hotel de luxo no bairro de Kowloon, na segunda-feira.

As autoridades de Hong Kong e da China não se manifestaram. O Departamento de Justiça dos EUA afirma estar na etapa inicial de um inquérito criminal sobre os vazamentos. O destino de Snowden está condicionado à natureza específica das eventuais acusações que lhe forem atribuídas. Para que ele seja preso, será necessário que o acto imputado seja considerado crime também em Hong Kong.

 

Rádio Online

Tempo

Weather data age > 6 hrs
Maputo
24 °C

Imagem do dia

Visit the new site http://lbetting.co.uk/ for a ladbrokes review.

Direcção Comercial:  email: dcomercial@rm.co.mz; Fixo 21 300421, Fax 21 30 61 40 | Direcção de Marketing e Relações Publicas,  email: dmarketing@rm.co.mz; Fixo 21 300421, Fax 21 30 61 40; | Rua da Radio N 2, P.O.Box 2000 | Rádio Moçambique - 2014. Implementado por mozclique.com

Login or Register

LOG IN

Register

User Registration