Top Ad
Millenium Bim
www.bimcom
A sua banca aqui consigo
Matola Gas Company
www.mgc.com
A força da energia limpa moçambiana!
×

Alerta

Falha ao carregar ficheiro XML

Caso Dívidas Não Declaradas. Réu António C. do Rosário reitera que Mutota e Nhangumele nunca fizeram parte do esboço de protecção costeira

terça, 12 outubro 2021 23:43
Rate this item
(0 votes)

O réu António Carlos do Rosário reiterou esta terça-feira que os co-réus Cipriano Mutota e Teófilo Nhangumele, nunca fizeram parte da equipa de esboço do projecto de protecção da Zona Económica Exclusiva de Moçambique por si liderada.

 

O antigo director de Inteligência Económica no Sise reagia, desta forma, a uma afirmação do Ministério Publico, dando conta que os co-réus Cipriano Mutota e Teofilo Nhangumele, declararam em sede do Tribunal, desconhecerem o local onde foi discutida e decidida a criação da Ematum.

As declarações do réu António Carlos do Rosário continuam a entrar em contradição com as prestadas pelos co-réus Cipriano Mutota e Teófilo Nhangumele que afirmaram, durante as suas audições, terem criado a empresa ProÍndicus.

No esboço do projecto de Protecção da Zona Económica Exclusiva de Moçambique, o réu António Carlos do Rosário disse ainda ter sido ele que promoveu encontros com alguns titulares, ainda no estudo de viabilidade.

Na ocasião, o réu António Carlos do Rosário admitiu ter representado a Ematum na celebração de um contracto com a Abu Dhabi Mars para o fornecimento do material.

O Réu teve dificuldades em responder ao tribunal, como foi possível no mesmo dia constituir-se a Empresa, eleger os membros da Empresa e assinar um contracto de compromisso com a Abu Dhabi Mars.

Questionado sobre os nomes dos elementos da sua equipa no projecto, o réu não os revelou, alegando razões legais.

No interrogatório conduzido pelo Ministério Publico, o Juiz da Causa, Efigénio Baptista, fez questão de sublinhar que as declarações do réu António Carlos do Rosário, entram em choque com as que foram prestadas pelos co-réus Cipriano Mutora e Teófilo Nhangumele.

O interrogatório ao réu António Carlos do Rosário, o último a ser interrogado nesta qualidade, revelou-se o mais longo, ao completar esta terça-feira cinco dias de audição, devendo retomar na próxima quinta-feira, já no seu sexto dia e trigésimo, do julgamento. (RM)

Read 231 times

Escolha do editor

Publicidade

Rádios Online

Antena Nacional

EP Gaza

EP Sofala

RM Desporto

EP Nampula

Inquerito

O que acha do nosso novo website?

Meteorologia

Maputo, MZ

Programação

Contacto

Direcção de Informação: email: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.; Fixo 21 42 99 08, Fax 21 42 98 26 | Rua da Radio N 2, P.O.Box 2000 | Rádio Moçambique, EP

Conecte-se Connosco