×

Alerta

Falha ao carregar ficheiro XML

Malawi: Com comícios de campanha eleitoral, segmentos da sociedade exigem retorno à vida normal

Published in Mundo
sexta, 15 maio 2020 10:42
Rate this item
(0 votes)

Os aglomerados que se verificam em comícios de campanha eleitoral no Malawi, levam vários segmentos da sociedade a exigirem o retorno à vida normal, mesmo com o aumento de casos de Covid-19.

 

Estudantes universitários malawianos pedem ao ministério da educação, ciência e tecnologia do Malawi para a reabertura das faculdades.

É que segundo os estudantes, a campanha eleitoral veio quebrar a recomendação de “ficar em casa” com multidões a participarem em comícios de promoção de manifestos eleitorais, aumentando assim o risco de contaminação pelo novo coronavírus.

“Queremos regressar à academia. Vamos usar as máscaras e desinfectar as mãos, as superfícies e a sala de aulas” - afirmaram os estudantes numa conferência de imprensa.

Quem também exige a reabertura dos estabelecimentos de ensino é a associação das escolas independentes do Malawi e a coligação da educação da sociedade civil.

Em reacção a estas exigências, o secretário principal do ministério da educação, ciência e tecnologia Justin Saidi explicou que há muitos factores a ter em conta para a reabertura das escolas, por quanto o encerramento foi movido pela necessidade de protecção dos alunos e professores face ao Covid-19.

Justin Saidi disse ter marcado um encontro para esta sexta-feira com as partes interessadas, incluindo a União dos Professores do Malawi para discutir o caminho a seguir.

Segundo o secretário principal da educação, ciência e tecnologia do Malawi, o governo está ciente da necessidade de os alunos voltarem à escola, mas o congestionamento das salas poderá acelerar a disseminação da pandemia.

Entretanto a associação dos músicos do Malawi também convocou uma conferência de imprensa para anunciar que a partir deste fim-de-semana voltará a organizar espectáculos.

O argumento da agremiação de músicos, assenta-se no facto de os políticos estarem a arrastar massas em comícios, não havendo motivos para se proibir a realização de espectáculos.

Refira-se que os fazedores de desporto já tinham manifestado interesse de voltar aos campos numa altura em que o ministério da saúde e população do Malawi reitera apelos para o fim dos aglomerados, face ao aumento de casos de Covid-19. ( RM Blantyre)

Read 445 times

Escolha do editor

Publicidade

Contacto

Direcção de Informação: email: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.; Fixo 21 42 99 08, Fax 21 42 98 26 | Rua da Radio N 2, P.O.Box 2000 | Rádio Moçambique, EP

Conecte-se Connosco