×

Alerta

Falha ao carregar ficheiro XML

Papa pede que não se construam "monumentos à insatisfação"

domingo, 21 abril 2019 09:57
Rate this item
(0 votes)

O Papa Francisco apelou, este sábado, durante a homilia da vigília pascal, à superação do medo, do fechamento e da desolação, pedindo que não se construam "monumentos à insatisfação".

O pontífice pediu que as pessoas passem "do fechamento à comunhão, da desolação ao consolo, do medo à confiança", durante a cerimónia da semana santa que foi celebrada na basílica de São Pedro, na Cidade do Vaticano, cheia de fiéis.
A celebração começou às 20h30 locais (21h30 em Maputo) com a basílica completamente em penumbra e em silêncio, para recordar a dor da morte do senhor.
Depois da bênção do fogo, Jorge Bergoglio caminhou em procissão pela basílica em total escuridão, representando a ausência de luz após a morte de Jesus Cristo, enquanto os fiéis acendiam pouco a pouco as suas velas com a chama da vela pascal.
No altar principal, a basílica foi iluminada e um diácono começou a cantar o 'Exultet', o hino pascal.
O Papa dedicou a homilia a falar sobre o que designou de quatro grandes pedras da vida humana, "contra as quais as esperanças e expectativas se chocam: morte, pecado, medo, mundanismo".
"A esperança é muitas vezes obstruída pela pedra da desconfiança. Quando se dá espaço à ideia de que tudo corre mal e que sempre vai de mal a pior, resignados, chegamos a crer que a morte é mais forte do que a vida e tornamo-nos cínicos e sarcásticos, portadores de um desânimo doentio", disse Francisco.
"Pedra sobre perda, construímos dentro de nós um monumento à insatisfação, o sepulcro da esperança. Queixando-nos da vida, fazemos com que ela se torne escrava das queixas e espiritualmente doente", acrescentou.
"Não sepultes a esperança", clamou.
O pecado, afirmou o Papa, é outra das pedras que "muitas vezes sela o coração" dos seres humanos, porque "seduz, promete coisas fáceis e imediatas, bem-estar e sucesso, mas deixa a solidão e a morte dentro".
Acusou também o medo, que faz com que as pessoas se encolham dentro dos seus limites e manifestou-se contra as "vaidades mundanas", como dinheiro, carreira, orgulho e prazer, que não revelam o que é verdadeiramente importante na vida.
Seguindo a tradição dos primeiros anos da igreja católica, o Papa Francisco, vestido de branco, baptizou oito pessoas do Equador, Peru, Itália, Albânia e Indonésia.
Os ritos da Semana Santa continuam hoje com a missa do domingo de Páscoa, a que o Papa Francisco presidirá. (RM /NMinuto)

 

Read 73 times

Escolha do editor

Publicidade

Cultura

Maputo acolhe Segunda Edição do Encontro de Culturas

Maputo acolhe Segunda Edição do Encontro de Culturas

A cerimónia de lançamento do evento, a ter lugar segunda-geira, no Centro Cultural Moçambique-França...

Rádios Online

Antena Nacional

EP Gaza

EP Sofala

RM Desporto

EP Nampula

Inquerito

O que acha do nosso novo website?

Meteorologia

Maputo, MZ

Programação

Contacto

Direcção de Informação: email: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.; Fixo 21 42 99 08, Fax 21 42 98 26 | Rua da Radio N 2, P.O.Box 2000 | Rádio Moçambique, EP

Conecte-se Connosco