Top Ad
Millenium Bim
www.bimcom
A sua banca aqui consigo
Matola Gas Company
www.mgc.com
A força da energia limpa moçambiana!
×

Alerta

Falha ao carregar ficheiro XML

ONU pede libertação de alguns detidos para evitar danos em prisões

quarta, 25 março 2020 18:49
Rate this item
(0 votes)

A alta comissária da ONU para os Direitos Humanos, Michelle Bachelet, pediu esta quarta-feira a libertação imediata de alguns prisioneiros em todo o mundo, para impedir que a pandemia de covid-19 provoque danos nas cadeias.

 

Bachelet pede às autoridades de todos os países para procurarem reduzir rapidamente o número de pessoas detidas, por exemplo libertando "prisioneiros idosos e doentes, bem como infractores de baixo risco", para aliviar as tensões em cadeias, muitas delas sobrelotadas.

"A covid-19 começou a atacar prisões, centros de detenção de imigrantes, bem como centros de atendimento residencial e hospitais psiquiátricos. Provavelmente, também causará estragos em populações muito vulneráveis dentro dessas instituições", disse a alta comissária da ONU, reconhecendo que alguns países já estão a tomar medidas para minorar os efeitos dos problemas.

A Etiópia anunciou hoje uma amnistia e a libertação de mais de 4.000 prisioneiros para aliviar o congestionamento nas prisões.

Bachelet, que foi Presidente do Chile e conheceu de perto as prisões no tempo do regime de Pinochet, nos anos 1970, pediu também aos governos para libertarem "qualquer pessoa detida sem base legal suficiente, incluindo presos políticos e os que foram detidos simplesmente por expressarem opiniões críticas ou dissidentes".

"Uma vez libertadas, essas pessoas devem passar por um exame médico e devem ser tomadas medidas para garantir que recebem cuidados e acompanhamento necessários", disse Michelle Bachelet.

O novo coronavírus, responsável pela pandemia da covid-19, já infectou perto de 428 mil pessoas em todo o mundo, das quais morreram mais de 19.000.

Depois de surgir na China, em Dezembro, o surto espalhou-se por todo o mundo, o que levou a Organização Mundial da Saúde (OMS) a declarar uma situação de pandemia.

Vários países adoptaram medidas excepcionais, incluindo o regime de quarentena e o encerramento de fronteiras. (RM-NM)

Read 443 times

Escolha do editor

Publicidade

Contacto

Direcção de Informação: email: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.; Fixo 21 42 99 08, Fax 21 42 98 26 | Rua da Radio N 2, P.O.Box 2000 | Rádio Moçambique, EP

Conecte-se Connosco