Print this page

Mais de 7 mil combatentes ainda não beneficiam de pensões no país

Published in Breves
quinta, 09 agosto 2018 08:19

Mais de sete mil combatentes ainda não beneficiam de pensões, no país.

 

É uma situação que ocorre quando faltam dois meses para o fim do processo de fixação de pensões, a este grupo social.

O país conta, segundo os últimos registos de prova de vida com cento e cinquenta e cinco mil combatentes da luta de libertação nacional e de acordo com as recomendações do governo moçambicano, o processo de fixação de pensões de todos, deve terminar até ao dia 30 de Outubro próximo.

 A vice-ministra dos Combatentes, Maria de Fátima Pelembe, que avançou a informação, esta quarta-feira em Quelimane, disse que a fase seguinte será a da afixação de pensões de combatentes da luta de soberania e democracia. (RM)

Read 751 times