Print this page

Detidos nigerianos com passaportes moçambicanos na China

quarta, 05 setembro 2018 15:44
Rate this item
(0 votes)

Pelo menos quarenta e três nigerianos que ostentam passaportes moçambicanos falsos estão detidos na China, acusados de prática de diversos crimes.

 

De entre os crimes de que são acusados estes nigerianos, destaque para o tráfico de pessoas e de drogas e, ainda a prática de actos de corrupção.

Igualmente na China, quatro moçambicanas cumprem penas de prisão, também por prática de diversos crimes.

A informação foi tornada pública esta quarta-feira, em Maputo, pela Procuradora-geral adjunta, Lúcia Maximiano, no decurso da visita de Estado que o Primeiro Vice-procurador-geral da Suprema Procuradoria Popular da República da China efectua ao país.

A Procuradora-geral adjunta não especificou o número de indivíduos de origem chinesa detidos em Moçambique, tendo referido que a maior parte está relacionada com crimes ambientais.

As duas Procuradorias analisaram, ainda, questões ligadas ao crime organizado e a extradição de prisioneiros de ambas partes. (RM)

Read 1358 times