Top Ad
Millenium Bim
www.bimcom
A sua banca aqui consigo
Matola Gas Company
www.mgc.com
A força da energia limpa moçambiana!
×

Alerta

Falha ao carregar ficheiro XML

Venezuela e Guiana em conflito por causa de petróleo em águas disputadas

Published in Recomendado
segunda, 24 dezembro 2018 11:26
Rate this item
(0 votes)

Venezuela e Guiana trocaram este domingo acusações sobre a interceção de navios ao serviço de uma petrolífera pela Marinha venezuelana em águas disputadas.

 

Segundo uma nota oficial da Marinha da Venezuela, foram intercetadas em "águas de jurisdição venezuelana" dois navios de exploração sísmica cujos capitães afirmaram ter autorização do governo da República de Guiana para ali estar.

Caracas argumenta que a localização dos navios corresponde à área de proteção marítima do delta do rio Orinoco e protestou quer junto das Nações Unidas quer numa mensagem ao governo guianês, a quem apelou para se "restabelecer o diálogo direto e respeitoso".

Por seu lado, o Ministério dos Negócios Estrangeiros guianês chamou à conduta da marinha venezuelana "um ato ilegal agressivo e hostil" que "mais uma vez demonstra a verdadeira ameaça ao desenvolvimento da economia de Guiana vinda do seu vizinho ocidental".

A diplomacia guianesa vai também fazer queixa às Nações Unidas, argumentando que a interceção aconteceu em águas sob sua soberania.

Os dois navios foram contratados pela petrolífera ExxonMobil para fazer trabalho sísmico num bloco de exploração de petróleo ao largo da costa guianesa.

Um navio da marinha da Venezuela intercetou-os mas não os abordou.

A petrolífera afirmou ter suspendido alguns dos trabalhos no bloco que compreende 26.800 quilómetros quadrados de mar.

A Exxon começou a extrair petróleo na costa da Guiana em 2015 e desde então, o pequeno país de 750.000 habitantes vai a caminho de suplantar a Venezuela e o México, tornando-se o segundo maior produtor da América Latina, atrás do Brasil.

O Presidente venezuelano, Nicolás Maduro, afirmou que a exploração pela petrolífera norte-americana é ilegal. (RM-NM)

Read 345 times

Escolha do editor

Publicidade

Sociedade

AR: Aprovada lei que proíbe uniões prematuras

AR: Aprovada lei que proíbe uniões prematuras

Os cidadãos envolvidos em uniões prematuras, como autores ou cúmplices, poderão ser presos ou multad...

Rádios Online

Antena Nacional

EP Gaza

EP Sofala

RM Desporto

EP Nampula

Inquerito

O que acha do nosso novo website?

Meteorologia

Maputo, MZ

Programação

Contacto

Direcção de Informação: email: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.; Fixo 21 42 99 08, Fax 21 42 98 26 | Rua da Radio N 2, P.O.Box 2000 | Rádio Moçambique, EP

Conecte-se Connosco