Top Ad
Millenium Bim
www.bimcom
A sua banca aqui consigo
Matola Gas Company
www.mgc.com
A força da energia limpa moçambiana!
×

Alerta

Falha ao carregar ficheiro XML

Manuel Chang volta esta 5ª feira ao tribunal sul-africano

Published in Destaques
quinta, 10 janeiro 2019 08:24

O deputado e antigo ministro moçambicano das Finanças, Manuel Chang, volta esta quinta-feira ao tribunal sul-africano, para o terceiro dia da audição, no âmbito do seu alegado envolvimento em esquemas de fraude, corrupção e lavagem de dinheiro.

 A audição é na sequência das acusações da justiça norte-americana.

No entanto, o ministério público sul-africano se opõe ao pedido de caução tendo em conta a gravidade das acusações que pesam sobre Manuel Chang.
O órgão enquadra este pedido de caução no nível cinco, na escala usada para casos que envolvem fraude, corrupção e lavagem de dinheiro.
A defesa de Manuel Chang exige por seu turno que o seu constituinte seja retirado deste nível.
“ …e depois de muita discussão, o tribunal validou a prisão, tendo em conta que o ministério público insiste em como a prisão do deputado e antigo ministro moçambicano das Finanças foi efectivada dentro da lei. Está ainda em discussão a possibilidade da sua restituição à liberdade provisória, mediante o pagamento de caução”, disse general Zacarias Cossa, do Alto Comissariado de Moçambique na África do sul.

 Entretanto, a justiça sul-africana considerou válido o mandado internacional de prisão emitido pela justiça norte-americana contra Manuel Chang.

O mandado foi validado pela juíza, Sagra Sunbrauny depois do ministério público ter reiterado as acusações norte-americanas com vista a prisão e extradição de Manuel Chang para os Estados Unidos da América.
Os advogados de defesa tinham considerado ilegal a prisão de Manuel Chang e exigiam a sua libertação imediata.
Ainda na sessão desta quarta-feira, a defesa de Manuel Chang, contestou a reclusão do seu constituinte numa cela comum com mais de vinte reclusos, a maioria dos quais consumidores de estupefacientes.
A contestação, aceite, foi feita em coordenação com os serviços consulares de Moçambique na África do sul.
O antigo ministro moçambicano das Finanças encontra-se detido em Mooderbee, uma cadeia localizada em Benoni, arredores da cidade de Johannesburg.

(RM)

Read 2910 times Last modified on quinta, 10 janeiro 2019 08:52

Escolha do editor

Publicidade

Cultura

Rádios Online

Antena Nacional

EP Gaza

EP Sofala

RM Desporto

EP Nampula

Inquerito

O que acha do nosso novo website?

Meteorologia

Maputo, MZ

Programação

Contacto

Direcção de Informação: email: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.; Fixo 21 42 99 08, Fax 21 42 98 26 | Rua da Radio N 2, P.O.Box 2000 | Rádio Moçambique, EP

Conecte-se Connosco