Top Ad
Millenium Bim
www.bimcom
A sua banca aqui consigo
Matola Gas Company
www.mgc.com
A força da energia limpa moçambiana!
×

Alerta

Falha ao carregar ficheiro XML

Legalizada prisão preventiva de Ndambi Guebuza

Published in Destaques
terça, 19 fevereiro 2019 09:38

O Tribunal judicial da cidade de Maputo legalizou, esta segunda-feira, a prisão preventiva de Ndambi Guebuza, filho do antigo Presidente da República, Armando Guebuza.

 

Ndambi Guebuza foi detido sábado, em Maputo, no âmbito das investigações ao caso dos empréstimos contraídos entre 2013 e 2014, no valor de 2,2 mil milhões de dólares.

Depois de cinco horas de interrogatório, o juiz de instrução criminal determinou como medida de coacção a prisão preventiva de Ndambi Guebuza, tal como confirma o seu advogado, Alexandre Chivale.

“O juiz aplicou a medida de coacção de prisão preventiva. Vamos aguardar que o processo siga os termos e vamos avaliar em função do despacho que o juiz estiver, há-de de ter proferido, se reagimos e que de forma reagimos”, disse Alexandre Chivale, advogado de Ndambi Guebuza.

Entretanto, o jurista e comentarista da Rádio Moçambique, António Boene, disse que era expectável a medida tomada pelo juiz de instrução criminal.

“Sim, é evidente que é expectável, principalmente depois de alguém já ter sido também ouvido no primeiro interrogatório e também ter sido decretada a prisão preventiva, acho que é o Tandane, em que supostamente teria-se aproveitado dos valores provindos da operação que teria determinado este título dívidas ocultas. Sendo os dois sócios numa sociedade e a ter responsabilidades de gestão na própria sociedade, era naturalmente expectável que fosse detido em primeiro lugar e depois agora o juiz confirmou a sua detenção e está em prisão preventiva”, disse o jurista e comentarista da Rádio Moçambique, António Boene e a legalização esta segunda-feira, da prisão preventiva de Ndambi Guebuza, filho do antigo antigo Chefe do Estado moçambicano, Armando Guebuza.

Até ao momento, foram detidos nove suspeitos no caso das dívidas comerciais incluindo o antigo Ministro das Finanças, Manuel Chang, que responde em tribunal, na vizinha África do Sul. ( RM)

Read 817 times

Escolha do editor

Publicidade

Sociedade

AR: Aprovada lei que proíbe uniões prematuras

AR: Aprovada lei que proíbe uniões prematuras

Os cidadãos envolvidos em uniões prematuras, como autores ou cúmplices, poderão ser presos ou multad...

Rádios Online

Antena Nacional

EP Gaza

EP Sofala

RM Desporto

EP Nampula

Inquerito

O que acha do nosso novo website?

Meteorologia

Maputo, MZ

Programação

Contacto

Direcção de Informação: email: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.; Fixo 21 42 99 08, Fax 21 42 98 26 | Rua da Radio N 2, P.O.Box 2000 | Rádio Moçambique, EP

Conecte-se Connosco