Top Ad
Millenium Bim
www.bimcom
A sua banca aqui consigo
Matola Gas Company
www.mgc.com
A força da energia limpa moçambiana!
×

Alerta

Falha ao carregar ficheiro XML

João Lourenço quer "resgatar" o que de melhor foi vivido entre dois povos

Published in Mundo
quinta, 07 março 2019 02:37
Rate this item
(0 votes)

O Presidente angolano afirmou esta quarta-feira ser do interesse e da responsabilidade de Angola e de Portugal "resgatar o que de melhor foi vivido" entre os dois povos ao longo de séculos e construir um futuro de "amizade, fraternidade e cooperação".

 

A ideia foi sustentada na intervenção de João Lourenço durante o jantar com que obsequiou esta quarta-feira o homólogo português, que decorreu no Palácio Presidencial, em Luanda, último ato oficial do primeiro dia da visita de Estado de quatro dias a Angola que Marcelo Rebelo de Sousa iniciou esta terça-feira.

"É do nosso interesse e responsabilidade resgatar o que de melhor foi vivido entre os nossos respectivos povos ao longo de séculos e construir um futuro de amizade, fraternidade e de cooperação, em benefício comum", afirmou João Lourenço, antes de brindar às relações entre os dois países.

"Este sentimento, que sabemos ser recíproco, funda-se na longa história comum dos dois povos, que sempre souberam entender, para além das contingências e vicissitudes temporais, que eram ambos vítimas do mesmo sistema opressor e que só numa luta conjunta lhe poderiam pôr termo, o que efectivamente viria a acontecer aos 25 de Abril de 1974", dia do fim dos 48 anos de ditadura o Estado Novo em Portugal, disse.

Para João Lourenço, tudo isto está já plasmado no estado actual das relações políticas e diplomáticas e de cooperação económica, científica, técnica e cultural, pelo que disse estar certo de que "poderão evoluir para patamares ainda mais altos", lembrando ainda as questões económicas.

O Presidente angolano lembrou o processo em curso em Angola para a realização, em 2020, das primeiras eleições autárquicas no país, "experiência nova a ser implantada na cultura política", solicitando o apoio de Portugal nesse sentido, "por possuir uma longa tradição e experiência nesse domínio".

João Lourenço falou também do respeito dos dois países "pelos mesmos valores democráticos e de respeito pelos direitos humanos", em que Angola e Portugal "lutam por um mundo de paz e harmonia entre todas as nações", lembrando que as autoridades de Luanda defendem a resolução de conflitos por via do diálogo e da reconciliação ao nível regional, continental ou mundial. (RM-NM)

Read 79 times

Escolha do editor

Publicidade

Sociedade

AR: Aprovada lei que proíbe uniões prematuras

AR: Aprovada lei que proíbe uniões prematuras

Os cidadãos envolvidos em uniões prematuras, como autores ou cúmplices, poderão ser presos ou multad...

Rádios Online

Antena Nacional

EP Gaza

EP Sofala

RM Desporto

EP Nampula

Inquerito

O que acha do nosso novo website?

Meteorologia

Maputo, MZ

Programação

Contacto

Direcção de Informação: email: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.; Fixo 21 42 99 08, Fax 21 42 98 26 | Rua da Radio N 2, P.O.Box 2000 | Rádio Moçambique, EP

Conecte-se Connosco