Top Ad
Millenium Bim
www.bimcom
A sua banca aqui consigo
Matola Gas Company
www.mgc.com
A força da energia limpa moçambiana!
×

Alerta

Falha ao carregar ficheiro XML

Timor-Leste recolhe mais de USD 15 mil para apoio a vítimas do Idai

Published in Recomendado
sábado, 23 março 2019 17:18
Rate this item
(0 votes)

Um grupo de moçambicanos e de amigos de Moçambique em Timor-Leste reuniu e enviou quase 16 mil dólares para apoio às vítimas do ciclone Idai, estando a decorrer uma segunda recolha de fundos, explicou à Lusa a organizadora da iniciativa.

"Conseguimos em dois dias juntar 15.750 dólares, com 47 contribuições individuais e conjuntas, que foram hoje transferidos através do BNU em Timor-Leste para o Instituto Nacional de Gestão de Calamidades de Moçambique", explicou Nurima Alkatiri, ex-deputada da Fretilin, que liderou a iniciativa.
A ex-deputada, que nasceu em Maputo -- cidade que acolheu muitos timorenses durante a ocupação indonésia -- explicou numa nota enviada à Lusa que o interesse suscitado pela campanha levou a que se realize uma segunda recolha, cujos fundos serão transferidos na próxima semana.
"Moçambique foi dos primeiros países a reconhecer Timor-Leste como uma nação, e abraçou a causa pela independência nacional desde o primeiro minuto. Durante toda a luta maubere, em momentos de muitas dificuldades, o Estado e o povo moçambicanos estiveram sempre ao lado de Timor-Leste, de mãos dadas, em solidariedade constante", refere a nota.
O país, recorda, acolheu a Frente Externa ou Diplomática da luta, "e em alturas em que Moçambique pouco, muito pouco, tinha para si, partilhou esse pouco com os timorenses" que lutavam contra a ocupação indonésia.
"Hoje, deste outro lado do Índico, acompanhamos com muita dor, tristeza e preocupação o impacto do ciclone Idai no centro de Moçambique, causando a perda de muitas vidas e uma destruição devastadora. Acompanhamos e sofremos com o povo moçambicano, perante este desastre arrasador", sublinha.
A recolha de apoios começou entre timorenses naturais de Moçambique ou que viveram ou estudaram no país e moçambicanos que vivem em Timor-Leste, acabando por se alargar a outros cidadãos timorenses e estrangeiros.
Entre os que contribuirão contam-se o ex-Presidente José Ramos-Horta, o ex-primeiro-ministro Mari Alkatiri e a família, deputados, ex-membros do Governo e do Parlamento Nacional, o cônsul honorário de Moçambique para Timor-Leste, Oscar Lima, o Grupo Cultural Timor Furak e outros cidadãos estrangeiros e timorenses.
A Frente Revolucionária do Timor-Leste Independente (Fretilin) tinha já, separadamente, feito um envio de apoio para Moçambique, transferido para o partido Frelimo.(RM /NMinuto)

Read 122 times

Escolha do editor

Publicidade

Rádios Online

Antena Nacional

EP Gaza

EP Sofala

RM Desporto

EP Nampula

Inquerito

O que acha do nosso novo website?

Meteorologia

Maputo, MZ

Programação

Contacto

Direcção de Informação: email: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.; Fixo 21 42 99 08, Fax 21 42 98 26 | Rua da Radio N 2, P.O.Box 2000 | Rádio Moçambique, EP

Conecte-se Connosco