Top Ad
Millenium Bim
www.bimcom
A sua banca aqui consigo
Matola Gas Company
www.mgc.com
A força da energia limpa moçambiana!
×

Alerta

Falha ao carregar ficheiro XML

Conselho Militar do Sudão quer dialogar com forças políticas

Published in Política
sexta, 12 abril 2019 19:13
Rate this item
(0 votes)

- O Conselho Militar de Transição do Sudão prometeu, esta sexta-feira, dialogar com todas as "forças políticas" do país e estabelecer "um Governo civil", após a destituição do Presidente na quinta-feira, garantindo que Omar al-Bashir não será extraditado.

"Vamos engajar-nos com todas as entidades políticas para preparar o clima de trocas para alcançar as nossas aspirações", disse o general Omar Zein Abedeen, membro do Conselho Militar de Transição, citado pela agência de notícias francesa AFP.
Durante uma conferência de imprensa em Cartum, transmitida pela televisão, o general - apresentado como chefe do Comité Político Militar estabelecido pelo Conselho Militar - também garantiu que a futura Administração será um "Governo civil", mas não especificou uma data para a sua implementação.
Zein Abedeen sublinhou, no entanto, que o ministro da Defesa será um membro do exército e que os militares vão "participar na nomeação do ministro do Interior".
Na quinta-feira, o ministro da Defesa, Awad Ibnouf, anunciou na televisão estatal "a queda do regime e a detenção num lugar seguro do seu líder", Omar al-Bashir.
Awad Ibnouf também anunciou o estabelecimento de um Conselho Militar de Transição por dois anos, o qual lideraria em conjunto com o chefe de Estado-Maior do Exército, general Kamal Abdelmarouf.
Em resposta a uma pergunta dos jornalistas sobre o destino de Omar al-Bashir, o general Zein Abedeen confirmou hoje que o Presidente deposto estava "actualmente em detenção".
"A nossa principal missão é preservar a segurança e a estabilidade do país", disse o general, afirmando que o exército "não permitirá qualquer violação de segurança" em todo o território do Sudão.
Um oficial do Exército sudanês disse ainda que as autoridades militares não vão extraditar o Presidente deposto Omar al-Bashir, mas irão julgá-lo no país, de acordo com a agência de notícias AP.
O coronel Omar Zein Abedeen fez as declarações numa conferência de imprensa hoje na capital, Cartum, defendendo a retirada militar de Al-Bashir do poder.
O Presidente do Sudão, Omar al-Bashir, foi destituído e detido na quinta-feira pelas Forças Armadas, depois de mais de quatro meses de contestação popular.
Os protestos, inicialmente motivados pelo aumento dos preços do pão e de outros bens essenciais, acabaram por transformar-se num movimento contra Al-Bashir, que liderava o país desde 1989, quando chegou ao poder através de um golpe de Estado. (RM Angop)

Read 134 times

Escolha do editor

Publicidade

Sociedade

Rádios Online

Antena Nacional

EP Gaza

EP Sofala

RM Desporto

EP Nampula

Inquerito

O que acha do nosso novo website?

Meteorologia

Maputo, MZ

Programação

Contacto

Direcção de Informação: email: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.; Fixo 21 42 99 08, Fax 21 42 98 26 | Rua da Radio N 2, P.O.Box 2000 | Rádio Moçambique, EP

Conecte-se Connosco