Top Ad
Millenium Bim
www.bimcom
A sua banca aqui consigo
Matola Gas Company
www.mgc.com
A força da energia limpa moçambiana!
×

Alerta

Falha ao carregar ficheiro XML

Assinala-se o Dia Mundial da Liberdade de Expressão

Published in Cultura
quinta, 02 maio 2019 20:50
Rate this item
(0 votes)

Assinala-se esta sexta-feira, 3 de Maio de 2019, o Dia Mundial da Liberdade de Imprensa.

 

Este ano, a data é assinalada sob o lema: “O Papel da Mídia nas Eleições e na Democracia”.

Por ocasião da passagem da data, o Sindicato Nacional de Jornalistas, SNJ, exorta a todos os profissionais da comunicação social nacionais a assinalarem a efeméride como momento de reflexão sobre o seu papel na consolidação da boa governação e da democracia, no país.

O apelo surge do facto do sindicato ter a consciência de que não pode haver democracia sem liberdade de imprensa e, por isso, o contributo dos profissionais da comunicação social ser de extrema importância.

O envolvimento destes na denúncia de actos de corrupção, nepotismo, anarquia, violência doméstica, entre outros males que grassam a sociedade, tem por finalidade contribuir para a boa governação do país e, por essa via, a consolidação da democracia.

O impedimento do exercício pleno do jornalismo e a contínua falta de acesso às fontes de informação, são factores que contribuem, de forma negativa, para o exercício da liberdade de imprensa e de expressão, direitos consagrados na Constituição da República de Moçambique.

Por isso, lançamos um veemente apelo às autoridades de direito para que deixem os jornalistas exercer a sua profissão livremente e segundo os princípios éticos e deontológicos.

Este é um ano eleitoral e muito se espera dos profissionais da comunicação social.

Os actores políticos vão, neste ano, olhar para os jornalistas como verdadeiros parceiros e importantes da sua actividade.

Tudo farão para que a sua mensagem seja integralmente transmitida aos cidadãos eleitores.

Nós, como profissionais da comunicação social, temos que ter a coragem e o discernimento de retirarmos dessas mensagens, apenas aspectos importantes para a vida dos cidadãos.

Sempre devemos ter em linha de conta que o papel da midia é o de garantir o acesso dos cidadãos à informação livre, pluralista e independente dos poderes político e económico.

E no período eleitoral que se avizinha, devemos ser imparciais e isentos, objectivos e rigorosos, respeitando os padrões éticos na busca da informação para que os cidadãos eleitores entendam, claramente, o seu papel.

Temos um Código de Conduta de Cobertura Eleitoral.

Foi por nós, como profissionais da comunicação social, que o aprovamos e adoptamos.

Não nos foi imposto.

Por isso, o apelo para que o cumpramos de forma escrupulosa.

Evitemos nos envolver em actividade política, ao mesmo tempo que exercemos a profissão.

Nestas alturas, os profissionais devem saber separar as coisas. Ou fazem trabalho político, ou jornalismo. E não as duas actividades, em simultâneo, sob o risco de serem acusados de fabricar resultados eleitorais a favor de determinados partidos políticos ou concorrentes.

Sabemos que este é um desafio.

Mas também sabemos que somos capazes de realizar o nosso papel primordial, que é de informar a verdade que se irá passar no terreno.

Assinalemos, pois, o Dia Mundial da Liberdade de Imprensa com a certeza de que o lema escolhido para este ano será de fácil cumprimento da nossa parte, porque somos capazes disso.

Por um 3 de Maio verdadeiramente Dia da Liberdade de Imprensa e de Expressão. (RM)

Read 471 times

Escolha do editor

Publicidade

Rádios Online

Antena Nacional

EP Gaza

EP Sofala

RM Desporto

EP Nampula

Inquerito

O que acha do nosso novo website?

Meteorologia

Maputo, MZ

Programação

Contacto

Direcção de Informação: email: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.; Fixo 21 42 99 08, Fax 21 42 98 26 | Rua da Radio N 2, P.O.Box 2000 | Rádio Moçambique, EP

Conecte-se Connosco