Print this page

Moçambique e Estados Unidos pretendem dinamizar investimento mútuo

Published in Breves
segunda, 17 junho 2019 19:35

Moçambique e os Estados Unidos querem dinamizar investimentos mútuos, no âmbito das trocas comerciais entre os dois países. 

 

Para o efeito, os dois países vão assinar um acordo de dinamização de investimento, durante a cimeira Estados Unidos África, que inicia esta terça-feira, em Maputo.  

O anúncio foi feito esta segunda-feira,  pelo Ministro dos Negócios e Cooperação, José Pacheco,  na visita que efectuou ao local que vai acolher a conferência.  

Entretanto,  Florizelle Liser, Presidente do Corporate Cuncil in África, entidade que lida com as questões de comércio entre África e Estados Unidos,  referiu que a cimeira deverá alargar as áreas de cooperação, para além do petróleo e gás.  

FADE IN: “Temos estado a ver as lideranças africanas, incluindo o Presidente Nyusi, a incentivarem investimentos para Moçambique e para outros países do continente. Este é um momento importante e nos Estados Unidos, na administração Trump, há já iniciativas para melhorar as oportunidades de negócios aqui no continente. Assim, queremos que as empresas norte-americanas, além das ligadas ao petróleo e gás, tenham as oportunidades asseguradas aqui e no continente.” FADE OUT

O Presidente da Confederação das Associações Económicas de Moçambique, Agostinho Vuma,  disse esperar que a Cimeira Estados Unidos-África fortaleça a presença do sector privado no mercado norte-americano, fragilizada por vários factores, com destaque para a falta de certificação.

Vuma afirmou que é pretensão do sector privado aumentar os níveis de exportação para os EUA, no âmbito da Lei Africana de Crescimento e Oportunidade, AGOA,  que actualmente não ultrapassa a dois dígitos.(RM)

Read 363 times