Top Ad
Millenium Bim
www.bimcom
A sua banca aqui consigo
Matola Gas Company
www.mgc.com
A força da energia limpa moçambiana!
×

Alerta

Falha ao carregar ficheiro XML

Resistência a antibiótico contra bactéria 'H. pylori' duplica na Europa

Written by 
Published in Ciência & Tecnologia
segunda, 21 outubro 2019 10:02
Rate this item
(0 votes)

A resistência a um dos antibióticos mais comuns para o tratamento da infecção pela bactéria 'Helicobacter pylori', que se aloja no estômago, duplicou em 20 anos na Europa, revela um estudo apresentado este domingo.

O estudo, que reúne dados de 1.232 doentes de 18 países europeusl, foi apresentado no 27.º congresso da União Europeia de Gastroenterologia, em Barcelona, Espanha.O trabalho, cujos resultados foram divulgados em comunicado pela União Europeia de Gastroenterologia, concluiu que a resistência a este antibiótico, usado num tratamento de "primeira linha" para erradicar a bactéria 'Helicobacter pylori', aumentou de 9,9%, em 1998, para 21,6%, em 2018.Além de Portugal, participaram no estudo Áustria, Bélgica, Bulgária, Croácia, Dinamarca, França, Alemanha, Grécia, Irlanda, Letónia, Lituânia, Holanda, Noruega, Polónia, Eslovénia, Itália e Espanha.Os "campeões" da resistência ao 'clarithromycin' são Itália, Croácia e Grécia, com taxas entre 30% e 36,9% em 2018.Os resultados não surpreenderam o médico Mário Dinis-Ribeiro, presidente da Sociedade Europeia de Endoscopia Gastrointestinal, que não esteve envolvido no estudo mas que é citado no comunicado da União Europeia de Gastroenterologia.O médico do Instituto Português de Oncologia do Porto disse à Lusa que o estudo confirma dados anteriores, de que Portugal é um dos países com maior prevalência de resistência ao 'clarithromycin', com taxas superiores a 15 por cento.Nestas situações, é recomendada a prescrição de diferentes antibióticos para o tratamento da infeção pela bactéria 'Helicobacter pylori', assinalou.O tratamento habitual inclui a combinação de três antibióticos ou de dois antibióticos e um inibidor da secreção do ácido do estômago, sendo, regra geral, eficaz.A infecção pela 'Helicobacter pylori' é "muito frequente" em Portugal, onde, de acordo com a Sociedade Portuguesa de Gastrenterologia, se estima que afecte cerca de 70% da população adulta, sendo que, "em grande parte dos casos, é adquirida na infância".A resistência da bactéria ao antibiótico 'clarithromycin' poderá estar eventualmente associada ao uso que é feito do medicamento para tratar outras infecções, nomeadamente respiratórias, admitiu Mário Dinis-Ribeiro, professor catedrático da Faculdade de Medicina da Universidade do Porto.O tratamento de uma infecção bacteriana fica comprometido com a resistência desenvolvida por uma bactéria a um antibiótico, uma vez que a bactéria ganha a capacidade de sobreviver à exposição ao medicamento que foi concebido para a matar ou travar o seu crescimento.Considerada a infecção gastrointestinal mais comum em todo o mundo, a inflamação no estômago provocada pela 'Helicobacter pylori' pode desencadear úlceras e é factor de risco para o desenvolvimento de cancro gástrico.Mário Dinis-Ribeiro aconselha as pessoas a consultarem o médico e se a bactéria for detectada em exames deve ser eliminada com o tratamento de antibióticos que é recomendado. (RM /NMinuto)

Read 695 times

Escolha do editor

Publicidade

Rádios Online

Antena Nacional

EP Gaza

EP Sofala

RM Desporto

EP Nampula

Inquerito

O que acha do nosso novo website?

Meteorologia

Maputo, MZ

Programação

Contacto

Direcção de Informação: email: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.; Fixo 21 42 99 08, Fax 21 42 98 26 | Rua da Radio N 2, P.O.Box 2000 | Rádio Moçambique, EP

Conecte-se Connosco