Top Ad
Millenium Bim
www.bimcom
A sua banca aqui consigo
Matola Gas Company
www.mgc.com
A força da energia limpa moçambiana!
×

Alerta

Falha ao carregar ficheiro XML

Pelo menos 55 elefantes morreram de fome no parque nacional do Zimbabwe

Published in Breves
segunda, 21 outubro 2019 18:11

Pelo menos 55 elefantes morreram de fome nos últimos dois meses no maior parque nacional do Zimbabwe, em resultado da acção combinada da pior seca dos anos anteriores e do colapso da economia daquele país da África Austral.

 

"O problema é real, a situação é terrível", reconheceu esta segunda-feira o porta-voz da National Parks and Wildlife Management Authority, Tinashe Farawo, citado pela agência Associated Press.

Outros animais no Parque Nacional Hwange, como os leões, foram também afectados.

A situação de seca extrema e a ausência de alimentação nos parques naturais do país tem levado muitos animais a ultrapassarem as fronteiras das reservas de vida selvagem e a destruírem plantações, assim como, por vezes, a matarem pessoas, indicou ainda o porta-voz, segundo o qual mais de 20 pessoas terão sido mortas apenas este ano.

A superlotação em Hwange, por outro lado, está a contribuir para a destruição da vegetação.

O parque tem capacidade para 15.000 elefantes, mas actualmente tem cerca de 53.000, segundo a mesma fonte.

"A maior ameaça" aos animais selvagens no Zimbabwe é agora a "perda de habitat", de acordo com Tinashe Farawo, que acrescentou: "Conseguimos reduzir significativamente a caça furtiva... estávamos a perder centenas de elefantes nos últimos anos, mas no ano passado perdemos não mais de 20 por efeito da caça furtiva".

O Zimbabwe tem uma das maiores populações de elefantes de África e tem vindo a tentar sensibilizar entidades internacionais e países signatários da Convenção sobre o Comércio Internacional das Espécies de Fauna e Flora Selvagens Ameaçadas de Extinção no sentido de lhe ser autorizada a caça e exportação de mais marfim, para aliviar a pressão sobre os habitats dos animais e a angariar dinheiro necessário para a conservação.

O Botswana, que também possui uma grande população de elefantes, levantou este ano a proibição da caça de elefantes, com o argumento de que a medida ajudará a reduzir o conflito entre humanos e animais e constitui um rendimento necessário ao país. (RM-NM)

Read 190 times

Escolha do editor

Publicidade

Cultura

Sociedade

Rádios Online

Antena Nacional

EP Gaza

EP Sofala

RM Desporto

EP Nampula

Inquerito

O que acha do nosso novo website?

Meteorologia

Maputo, MZ

Programação

Contacto

Direcção de Informação: email: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.; Fixo 21 42 99 08, Fax 21 42 98 26 | Rua da Radio N 2, P.O.Box 2000 | Rádio Moçambique, EP

Conecte-se Connosco