Top Ad
Millenium Bim
www.bimcom
A sua banca aqui consigo
Matola Gas Company
www.mgc.com
A força da energia limpa moçambiana!
×

Alerta

Falha ao carregar ficheiro XML

Lula planeia fortalecer oposição a Bolsonaro se for libertado

Published in Breves
sexta, 08 novembro 2019 20:19

O antigo presidente quer viajar pelo Brasil. Também pretende viajar pelo mundo e encontrar-se com personalidades que se manifestaram contra a sua prisão.

 

Depois de ter sido conhecida a decisão do Supremo Tribunal Federal do Brasil que anulou a prisão em segunda instância - o que significa que ninguém pode ser considerado culpado enquanto houver possibilidade de recursos – a defesa de Lula da Silva vai pedir esta sexta-feira a sua libertação imediata.

Uma decisão que recai na juíza de Curitiba, Carolina Lebbos. A magistrada pode autorizar o pedido de libertação de Lula e de outros presos no âmbito da Operação Lava Jato, como é o caso, por exemplo, do ex-ministro José Dirceu.

No entanto, a libertação não é um dado adquirido. A juíza pode decretar a prisão preventiva do petista, se for pedida pelo Ministério Público e se considerar que existem requisitos previstos na lei nesse sentido, tais como a eventual ameaça que o réu possa representar ou um possível risco de fuga.

Mas a confirmar-se a libertação de Lula, o jornal O Globo adianta os primeiros passos do ex-presidente e os seus objectivos a médio prazo. O primeiro ato político de Lula acontecerá em frente à sede da Polícia Federal de Curitiba, onde se encontra preso. Mais tarde, deverá fazer um comício em São Bernardo do Campo, cidade onde o antigo líder brasileiro vivia.

Há dois pontos que, segundo O Globo, Lula terá salientado aos seus aliados e que vão marcar a sua actuação política: o petista não vai flectir para o centro e também não vai fazer campanha pelo ‘impeachment’ de Bolsonaro.

No primeiro ponto, Lula fez questão de deixar claro que não vai tentar posicionar-se mais ao centro. “Avisa lá que serei mais à esquerda do que quando entrei”, terá afirmado. Já no que diz respeito ao segundo ponto, a estratégia de Lula passa por viajar pelo Brasil e fortalecer a oposição a Jair Bolsonaro.

Na agenda do antigo presidente estarão ainda deslocações para o exterior de forma a encontrar-se com personalidades que se manifestaram contra a sua prisão. (RM-NM)

Read 178 times

Escolha do editor

Publicidade

Cultura

Edson Macuácua lança duas obras científicas

Edson Macuácua lança duas obras científicas

O Primeiro-ministro de Moçambique, Carlos Agostinho do Rosário, encoraja Edson Macuácua a continuar...

Sociedade

Rádios Online

Antena Nacional

EP Gaza

EP Sofala

RM Desporto

EP Nampula

Inquerito

O que acha do nosso novo website?

Meteorologia

Maputo, MZ

Programação

Contacto

Direcção de Informação: email: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.; Fixo 21 42 99 08, Fax 21 42 98 26 | Rua da Radio N 2, P.O.Box 2000 | Rádio Moçambique, EP

Conecte-se Connosco