Print this page

País: Mais de quatrocentos e sessenta bebés morrem em cada cem mil recém-nascidos

Published in Breves
segunda, 02 dezembro 2019 12:56

No país, quatrocentos e setenta e dois nados-vivos morrem, em cada cem mil recém-nascidos, no processo de parto nas unidades sanitárias.

 A informação foi avançada esta segunda-feira, em Maputo, pela Bastonária da Ordem dos Enfermeiros, na primeira Conferência Nacional de Enfermagem e Enfermagem em Saúde Materno-infantil para a Redução da Mortalidade Materno-infantil.

Maria Acácia Lourenço diz que apesar de o país registar uma redução dos casos de mortalidade infantil, há necessidade de se unir esforços para combater este mal.

O Vice-Ministro da Saúde, Leopoldo da Costa, reconhece que a mortalidade infantil nas sanitárias do país constitui um desafio para o sector de saúde, pelo que o governo está desencadear acções, com estratégias inovadoras, para minimizar a mortalidade infantil. (RM)

Read 361 times Last modified on segunda, 02 dezembro 2019 18:20