Print this page

Taça de Moçambique é principal objectivo da ENH em 2020

Published in Desporto
segunda, 13 janeiro 2020 02:05
Rate this item
(0 votes)

A Direcção do ENH de Vilankulo traça como principal objectivo para a presente temporada a conquista da Taça de Moçambique e classificar-se entre os três primeiros do Moçambola, segundo disse Tavares Martinho, presidente da colectividade, em conferência de imprensa.

 

“No ano passado tivemos uma prestação bem melhor que as anteriores, embora sem conseguir alcançar os objectivos preconizados, que passavam por conquistar a Taça de Moçambique e estar entre os três primeiros classificados do Moçambola.

2019 foi o quinto ano de existência daENH e terminámos, coincidentemente, o campeonato em quinto lugar e podemos afirmar que estamos satisfeitos por isso”, disse o presidente da ENH.

Durante a conferência de imprensa, Tavares Martinho disse que a ENH ainda não tinha contratado o treinador-principal, anunciando que Victor Mayamba, António Uamba e Rodrigues Gulube, este último, treinador de guarda-redes, vão ser os adjuntos, considerando que “são jovens técnicos reconhecidos na praça futebolística e esperámos que sejam úteis no auxílio ao treinador-principal que ainda não foi contratado”, disse, referindo que “o treinador-principal vai chegar antes do final de Fevereiro. Temos contactos já bem avançados com treinadores estrangeiros”, sublinhou e quando questionado se o croata Boris Pucic era candidato, Martinho respondeu que “contactámos o Boris Pucic no ano passado, mas ele pediu-nos um salário muito alto (15 mil dólares). Tivemos um contacto com o Nelson Santos, que não é uma pessoa a descartar, mas disse-nos que está muito ocupado com o Belenenses, presentemente. Também existe a hipótese do brasileiro Alex Alves, que está a trabalhar na China, neste momento, mas até ao momento não nos definimos”, esclareceu.

O presidente da ENH disse que o plantel foi renovado. Foi dispensado cinquenta porcento do plantel anterior, justificando que “uns têm lesões graves e não podem dar contributo à equipa e outros estão em idade avançada, bem acima dos 30 anos de idade. A maior parte dos jogadores contratados para a presente temporada são jovens ambiciosos, com uma boa margem de progressão e com experiência no Moçambola”, afirmou Tavares. (RM)

Read 861 times