Top Ad
Millenium Bim
www.bimcom
A sua banca aqui consigo
Matola Gas Company
www.mgc.com
A força da energia limpa moçambiana!
×

Alerta

Falha ao carregar ficheiro XML

Moza Banco apoia Programa de Aceleração de Negócios para Mulheres Empreendedoras

Published in Economia
terça, 25 fevereiro 2020 20:26
Rate this item
(0 votes)

O Moza Banco associou a sua marca ao Programa de Aceleração de Negócios para Mulheres Empreendedoras, organizado pelo Muva – uma incubadora e aceleradora social focada em abordagens inovadoras para mulheres empreendedoras.

 

Neste evento, o Moza busca transmitir a sua experiência a esta classe de profissionais em matérias ligadas à literacia financeira.

Cerca de 50 mulheres jovens empreendedoras sentaram-se, esta quinta-feira, à mesma mesa, no edifício sede do Moza Banco, para uma troca de experiências em matérias ligadas a saber fazer negócios.

Intervindo na abertura do evento, Joana Matsombe, Administradora do Moza Banco, fez menção à importância da componente financeira para o desenvolvimento de qualquer tipo de negócio.

"Creio que esta é uma via acertada para o incremento de negócios no seio das mulheres jovens empreendedoras. É um benefício também para o Banco, na medida em que novos clientes serão atraídos para o Moza, dando assim o valor merecido ao cliente, fornecendo novos produtos e serviços a jovens empresárias", disse Joana Matsombe.

Joana Matsombe aconselhou, igualmente, as jovens a empenharem-se e dedicarem-se cada vez mais nos seus projectos, clarificando que não basta apenas ter apoio financeiro, é preciso observar as regras que norteiam a boa gestão e cultivar o espírito de poupança.

Por sua vez, Ludmila Comé, representante do Muva, referiu que o Programa de Aceleração de Negócios para Mulheres Empreendedoras visa essencialmente empoderar as mulheres e torná-las mais preparadas para fazerem face a novos desafios impostos pela dinâmica do mercado.

"Sabemos que, em função das dificuldades que a mulher tem de se integrar no mercado de trabalho, o empreendedorismo é a solução ideal. Portanto, é importante trabalhar no empreendedorismo feminino, porque acreditamos que isso tem um impacto social muito relevante", disse Ludmila Comé.

Após este encontro, tal como fez saber a representante do Muva, as mulheres estarão munidas de instrumentos e ferramentas importantes para o desenvolvimento dos seus negócios.

"A partir deste café, vamos seleccionar 12 negócios que vão participar numa jornada mais alargada, a acontecer de Abril a Junho deste ano, com três encontros mensais. Então, aí vamos discutir tudo relacionado com gestão de negócios, vamos fazer uma pesquisa especializada para cada tipo de negócio e dar acompanhamento individual, para que até Setembro o negócio seja capaz de produzir emprego e gerar renda", disse Comé.

Já no fim do evento, era visível a satisfação por parte das participantes. Para além de busca de experiências, o momento serviu para fazer novos negócios.

"Vim cá buscar experiências, para sair do mundo fechado e perceber a dinâmica que o mercado está a seguir. Estou satisfeita com o network criado, fiz negócios e isso deixou-me ainda mais feliz", disse Loide Vilma, da empresa Chiveve Chili, vocacionada ao processamento de piripiri. (RM)

Read 597 times

Escolha do editor

Publicidade

Rádios Online

Antena Nacional

EP Gaza

EP Sofala

RM Desporto

EP Nampula

Inquerito

O que acha do nosso novo website?

Meteorologia

Maputo, MZ

Programação

Contacto

Direcção de Informação: email: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.; Fixo 21 42 99 08, Fax 21 42 98 26 | Rua da Radio N 2, P.O.Box 2000 | Rádio Moçambique, EP

Conecte-se Connosco