×

Alerta

Falha ao carregar ficheiro XML

Nos últimos três anos: Mais de mil raparigas abandonaram a escola devido a gravidez precoce

quinta, 06 junho 2019 19:55
Rate this item
(0 votes)

Mais de sete mil raparigas abandoaram a escola devido a gravidez precoce, e outras mil e duzentas por causa de casamentos prematuros, nos últimos três anos, em todo o país.

 

Os dados foram divulgados esta quinta-feira, em Maputo, pela Ministra da Educação e Desenvolvimento Humano, Conceita Sortane, na abertura da Conferência Internacional sobre a Educação da Rapariga.

Conceita Sortane disse que o sector da educação está a trabalhar com os parceiros de cooperação na busca de estratégias eficientes de retenção da rapariga na escola, mesmo em estado de gravidez.

O Presidente do Movimento Educação para Todos, Gaspar Stefane, destacou a necessidade de criação de Leis que salvaguardem os direitos da rapariga.(RM)

Read 302 times

Escolha do editor

Publicidade

Rádios Online

Antena Nacional

EP Gaza

EP Sofala

RM Desporto

EP Nampula

Inquerito

O que acha do nosso novo website?

Meteorologia

Maputo, MZ

Programação

Contacto

Direcção de Informação: email: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.; Fixo 21 42 99 08, Fax 21 42 98 26 | Rua da Radio N 2, P.O.Box 2000 | Rádio Moçambique, EP

Conecte-se Connosco