×

Alerta

Falha ao carregar ficheiro XML

Magide Mússa lança, esta 6ª feira, “Caminhos Certos” seu quinto álbum de originais

Published in Cultura
quinta, 15 agosto 2019 12:37
Rate this item
(0 votes)

O conceituado músico moçambicano, Magide Mussá, lança, esta sexta-feira na cidade de Maputo, o seu novo trabalho discográfico, num concerto musical a ter lugar na Associação dos Músicos Moçambicanos.

 No lançamento do “Caminho Certo”, Magide Mussá convidou os artistas Wazimbo, Ta Basily, Tinito, Castelo Bravo, Félix Moya, Kota Matuva, JEB e Antune Monteiro, todos eles acompanhados pela banda Five Fingers. “Caminho-Certo” foi produzido pela RAM Multimédia e traz variedades de estilos musicais, como o afro-jazz, marrabenta e reggae.

Magide Mussá disse à Rádio Moçambique pertencer a geração de artistas popularmente conhecida como “Velha Guarda”’ e com o lançamento deste álbum, pretende demonstrar que a mesma continua viva na sociedade moçambicana. Com mais de 40 anos de carreira, iniciou-se na arena musical em 1974,em Inhambane, compondo e cantando em gitonga, sua língua materna. Notabilizou-se na década de 90 com o tema “Nhi Wone Uwe”, ou seja, “Eu vi você”.

 “A minha relação com a música começou durante a época colonial, não imaginava que dessa relação pudesse resultar num casamento que tem mais de quarenta anos de estrada. Por influência do Feola, músico sediado em Inhambane, fabriquei a minha primeira guitarra de lata de azeite de 4 fios de nylon. Aos 14 anos subi no palco, no Clube de Inhambane, durante o período da transição, num espectáculo onde actuou Jaco Maria. Felizmente conquistei o segundo lugar, isto ajudou a catapultar mais o meu ensejo de ser músico”, disse a fonte.

Magide Mussá começou a gravar na Emissor Provincial de Inhambane da Rádio Moçambique, em 1974. Em 1977, lança o primeiro disco “Xikwatana”, traduzido “Rapazes”, com uma banda constituída por Milagre Langa, irmão de Hortêncio Langa, o falecido Sox, Jaimito Machatine e Zeca Tcheco. “Nhi Wone Uwe”, traduzido “Eu vi você”, foi gravado em 1992. Essencialmente focado na temática amor, dentro do lar, foi o álbum que deu mais expressão a Magid. Venceu o prémio “Melhor Voz”, do “Ngoma Moçambique” em 2002.

Com este novo álbum “Caminho-Certo” Magid Mussá está convicto que vai resgatar a sua popularidade e auto-estima no seu público uma vez que se trata de temas socias e o próprio título foi extraído numa das músicas do disco. Foi um trabalho que levou quatro anos a compor.

“Não desapareci, sou profissional de música, vivo dela. Ainda canto. Infelizmente, com poucas aparições públicas. Agora, ganho o meu pão actuando nas casas de pasto, festas e em festivais”, disse.

Magid Mussá, actualmente vive no bairro Ferroviário das Mahotas, cidade de Maputo. Nasceu na cidade de Inhambane, bairro da Liberdade. Aos seis anos foi viver com um tio, na cidade da Maxixe. Técnico agrícola de formação, foi quadro do Ministério da Agricultura. Leccionou por falta de quadros, nos primiros anos da Independência. Abandonou o ensino e voltou ao Ministério de Agricultura, no auge da guerra de desestabilização.
“Descoberto”, a trabalhar em Marracuene, volta aos palcos em 1985 e grava a música Sorriso. Na década, foi fazendo espectáculos pelo país, trabalhando para o Ministério da Agricultura. (RM)

Read 908 times Last modified on quinta, 15 agosto 2019 12:45

Economia

Escolha do editor

Publicidade

Sociedade

Moçambique: Há défice de informação sobre saúde sexual e reprodutiva

Moçambique: Há défice de informação sobre saúde sexual e reprodutiva

A organização não-governamental, PSI Moçambique, considera que no país há défice de informação sobre...

Rádios Online

Antena Nacional

EP Gaza

EP Sofala

RM Desporto

EP Nampula

Inquerito

O que acha do nosso novo website?

Meteorologia

Maputo, MZ

Programação

Contacto

Direcção de Informação: email: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.; Fixo 21 42 99 08, Fax 21 42 98 26 | Rua da Radio N 2, P.O.Box 2000 | Rádio Moçambique, EP

Conecte-se Connosco