×

Alerta

Falha ao carregar ficheiro XML

Ruptura da ponte que suporta adutoras condiciona abastecimento de água às cidades de Maputo, Matola e vila de Boane

Published in Destaques
domingo, 09 fevereiro 2020 10:17

 A ruptura da estrutura metálica da ponte que suporta condutas adutoras que transportam água, em Boane, está a condicionar o abastecimento do precioso às cidades de Maputo, Matola e vila de Boane.

Parte da ponte metálica sobre o rio Umbelúzi caiu durante a madrugada deste sábado, arrastando as duas condutas que suportava e que ligavam à Estação de Tratamento de Água de Umbelúzi.O ministro das Obra Públicas, Habitação e Recursos Hídricos, João Machatine, que visitou, este sábado o local, referiu que os trabalhos para a reposição da estrutura metálica, vão decorrer num prazo de dez dias. “ A solução que nós encontramos passa por reduzir o fluxo normal. Esta situação iria reduzir até 20 % o fornecimento mas alternativamente iremos aumentar esta fasquia dos 20 a 40 por cento de abastecimento. Isto vai implicar uma restrição severa no abastecimento de água. Durante dez dias iremos fazer a reposição. Esta restrição irá repercutir no abastecimento intermitente. Em vez de termos o abastecimento em 24 horas, teremos uma abastecimento intermitente por forma que todos os bairros possam ter a pouca água que estará disponível para o consumo” disse. O ministro das Obras Públicas, Habitação e Recursos Hídricos, apelou à população para tomar medidas de "austeridade e uso racional da água", de modo a minimizar o impacto das restrições. (RM)

Read 698 times

Escolha do editor

Publicidade

Sociedade

Contacto

Direcção de Informação: email: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.; Fixo 21 42 99 08, Fax 21 42 98 26 | Rua da Radio N 2, P.O.Box 2000 | Rádio Moçambique, EP

Conecte-se Connosco