×

Alerta

Falha ao carregar ficheiro XML

Presidente de Cabo Verde recorda Jorge Neto como "um dos grandes"

Published in Cultura
quinta, 20 fevereiro 2020 21:24
Rate this item
(0 votes)

Presidente cabo-verdiano recordou, esta quinta-feira, o cantor Jorge Neto como "um dos grandes" da música do país e destacou a sua "arte ímpar" de estar no palco, a singularidade dos rituais e a postura com os outros.

 

"A notícia da morte de Jorge Neto deixa-me, rigorosamente, muito triste. Um dos grandes, verdadeiramente. Um artista, no pleno sentido da palavra", escreveu Jorge Carlos Fonseca, numa mensagem publicada na rede social Facebook.

O Chefe de Estado recordou que teve o privilégio de contar com a amizade do cantor, "num relacionamento forte e cúmplice", que terá nascido na Assomada, no ano de 1996.

"Felizmente que ficam a voz ritmada, a arte ímpar de estar no palco, a singularidade dos rituais e da postura no estar com os outros", prosseguiu o Presidente na sua mensagem, onde também manifesta o seu "sentimentos de pesar e de conforto aos familiares, mas também aos amigos e aos admiradores de Neto". 

O cantor cabo-verdiano Jorge Neto morreu esta quinta-feira, no hospital Egas Moniz, em Lisboa, disse à agência Lusa fonte da embaixada de Cabo Verde em Lisboa.

O artista, que residia em Portugal e fez a carreira na Europa, sobretudo junto das comunidades cabo-verdianas, sofreu um AVC, em casa, no dia 30 de dezembro e estava desde então internado, "em coma profundo".

Jorge Neto nasceu em São Tomé e Príncipe em 1964, sendo filho de mãe cabo-verdiana. Estudou em Portugal e emigrou depois para a Holanda, país com forte presença da comunidade cabo-verdiana e onde fez sucesso na música, enquanto vocalista da banda Livity.

Depois de 11 anos sem gravar um disco, Jorge Neto lançou em 2016 "Nha Palco", o seu nono álbum.

Ao longo dos mais de 30 anos de carreira, fez sucesso em vários países, junto da comunidade emigrante cabo-verdiana, na Europa, África e América.

O presidente da Assembleia Nacional de Cabo Verde, Jorge Santos, anunciou que na sexta-feira será aprovado naquele órgão um voto de pesar pela morte Jorge Neto, que recordou como uma figura que "uniu a nação" cabo-verdiana.

Numa declaração na sua conta oficial na rede social Facebook, o primeiro-ministro de Cabo Verde, Ulisses Correia e Silva, recorda Jorge Neto como um artista que "soube conquistar o coração da nação, não só pelo seu imenso talento e pela sua obra, como pela sua grandiosa humildade".

Também o ministro da Cultura e das Indústrias Criativas de Cabo Verde, Abraão Vicente, considerou o cantor como "uma referência para as futuras gerações" de cabo-verdianos. (RM-NM)

Read 527 times

Escolha do editor

Publicidade

Rádios Online

Antena Nacional

EP Gaza

EP Sofala

RM Desporto

EP Nampula

Inquerito

O que acha do nosso novo website?

Meteorologia

Maputo, MZ

Programação

Contacto

Direcção de Informação: email: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.; Fixo 21 42 99 08, Fax 21 42 98 26 | Rua da Radio N 2, P.O.Box 2000 | Rádio Moçambique, EP

Conecte-se Connosco