C. Delgado: 22 escolas encerradas 3 meses após o arranque das aulas

Publicado: 20/06/2021, 8:22
Categoria:

Duzentas e vinte escolas, dos diferentes níveis de ensino, continuam encerradas, três meses após o arranque das aulas presenciais, devido as acções de terrorismo em algumas regiões da provincial de Cabo Delgado.

A directora nacional de nutrição e saúde escolar, no Ministério da Educação e Desenvolvimento Humano, disse que a situação de insegurança tem implicações no controlo da mobilidade da população na prevenção da covid-19.
Arlinda Chamisse, frisou que outro desafio consiste em garantir que os alunos tenham acesso ao processo de ensino e aprendizagem nos locais de acolhimento.
“ Ao nível do sector, temos grandes desafios no contexto da pandemia mas também temos desafios no contexto da acção terrorista que se vive na província de Cabo Delgado. Todos sabemos o que é que situação de guerra traz, tem o trauma, tem a vida social que é destruída, daí que fazemos de tudo para os apoios aconteçam e que se redobrem mais. Há a questão do apoio psicossocial a dar a estas pessoas vítimas desta situação terrível, que ninguém gostaria de passar por uma situação igual“, disse
Arlinda Chamisse, directora nacional de Nutrição e Saúde escolar, no Ministério da Educação e Desenvolvimento Humano, falava este sábado no programa Linha Directa da Rádio Moçambique. ( RM)

Pesquisar

Últimas Notícias

Rádio Moçambique

Rua da Rádio N 2, P.O.Box 2000 | Rádio Moçambique, EP
Email: info@rm.co.mzFixo: +258 21 42 99 08Fax: +258 21 42 98 26
Subscreva agora

Bem-vindo ao nosso Centro de Subscrição de Newsletters Informativos. Subscreva no formulário abaixo para receber as últimas notícias e actualizações da Rádio Moçambique.

Instale a nossa App

crosschevron-down linkedin facebook pinterest youtube rss twitter instagram facebook-blank rss-blank linkedin-blank pinterest youtube twitter instagram