Desmond Tutu. As principais datas do "lutador maior" pela liberdade

Publicado: 27/12/2021, 9:34
Categoria:

Desmond Tutu, arcebispo emérito sul-africano e vencedor do Prémio Nobel da Paz em 1984 pelo activismo contra o regime de segregação racial ('apartheid'), morreu no domingo aos 90 anos na Cidade do Cabo.

 

Desmond Tutu ganhou notoriedade durante as piores horas do regime racista na África do Sul, quando organizava marchas pacíficas contra a segregação, enquanto sacerdote, pedindo sanções internacionais contra o regime branco em Pretória.
O arcebispo anglicano estava debilitado há vários meses, durante os quais não falou em público, mas ainda cumprimentava os jornalistas que acompanhavam cada uma das suas saídas recentes, como quando foi tomar a sua vacina contra a Covid-19 num hospital ou quando celebrou os seus 90 anos em Outubro.
O funeral do arcebispo sul-africano vai realizar-se no próximo sábado na Catedral de São Jorge, a sua antiga paróquia na Cidade do Cabo, anunciou ontem a sua fundação.
Reveja agora os principais momentos da vida do "arcebispo do povo":
1931 - A 7 de Outubro, Desmond Mpilo Tutu nasce em Klerksdorp, próximo de Joanesburgo.
1947 - Contrai tuberculose e, enquanto recupera, recebe a visita de Trevor Huddleston, pastor anglicano britânico que trabalha na África do Sul.
1955 - Casa-se com Nomalizo Leah Shenxane e começa a lecionar numa escola secundária em Joanesburgo.
1961 - É ordenado ministro da igreja anglicana, após deixar o ensino, desgostado com a educação inferior para negros do Governo do 'apartheid' sul-africano.
1962 - Estuda teologia no King's College London.
1966 - Regressa à África do Sul para ensinar num seminário no Cabo Oriental.
1975 - Torna-se no primeiro reitor negro da igreja anglicana em Joanesburgo.
1976 - Atua como bispo do Lesoto e faz críticas ao 'apartheid' na África do Sul.
1978 - Torna-se secretário-geral do Conselho de Igrejas da África do Sul e alcança uma proeminência global como principal opositor do 'apartheid' e apoia sanções económicas contra o Governo segregacionista.
1984 - Ganha o Prémio Nobel da Paz. "Não há paz no sul de África. Não há paz porque não há justiça. Não pode haver paz e segurança reais até que haja justiça, em primeiro lugar desfrutada por todos os habitantes dessa bela terra", diz Tutu no discurso de aceitação.
1985 - Torna-se no primeiro bispo negro de Joanesburgo.
1986 - É ordenado o primeiro arcebispo negro anglicano da Cidade do Cabo.
1989 - Lidera uma marcha anti-'apartheid' de 30.000 pessoas na Cidade do Cabo.
1990 - Recebe Nelson Mandela para a sua primeira noite de liberdade depois de "Madiba" ser libertado da prisão, após 27 anos, pela oposição ao sistema de segregação racial. O líder histórico do Congresso Nacional Africano (ANC) apelida Tutu como "o arcebispo do povo".
1994 - Primeira eleição democrática da África do Sul em que todas as etnias podem votar.
1995 - Já como Presidente da África do Sul, Nelson Mandela nomeia Tutu para presidente da Comissão da Verdade e Reconciliação do país.
1996 - Tutu aposenta-se como prelado e a igreja anglicana outorga-lhe o título de arcebispo emérito da Cidade do Cabo.
1997 - É diagnosticado com cancro na próstata e anuncia o facto para ajudar na conscientização pública sobre a doença.
1998 - A Comissão de Verdade e Reconciliação publica o relatório, atribuindo a maior parte da culpa pelos abusos às forças do 'apartheid', mas também considera o ANC culpado de violações dos direitos humanos. O ANC pressiona Tutu para bloquear a divulgação do documento, mas acaba repreendido pelo próprio bispo emérito da Cidade do Cabo, na qualidade de presidente da comissão.
2009 - Recebe, a 12 de agosto, a medalha da Liberdade do Presidente dos Estados Unidos, Barack Obama.
2010 - A 22 de Julho, afasta-se da vida pública e pede à imprensa: "Não me telefonem, eu telefono".
2013 - Lança uma campanha internacional pelos direitos LGBTQ na Cidade do Cabo. "Eu não adoraria um Deus que é homofóbico".
2014 - A 12 de Julho, insta o parlamento britânico a permitir a morte assistida, defendendo que "a morte prolongada de Nelson Mandela foi uma afronta".
2021 - A 7 de Outubro, fragilizado e já uma cadeira de rodas, Tutu assiste presencialmente às comemorações do seu 90.º aniversário na Catedral de São Jorge, na Cidade do Cabo.
2021 - A 26 de Dezembro, Desmond Tutu morre na Cidade do Cabo. (RM NMinuto)

Últimas Notícias

Rádio Moçambique

Rua da Rádio N 2, P.O.Box 2000 | Rádio Moçambique, EP
Email: info@rm.co.mzFixo: +258 21 42 99 08Fax: +258 21 42 98 26
Subscreva agora

Bem-vindo ao nosso Centro de Subscrição de Newsletters Informativos. Subscreva no formulário abaixo para receber as últimas notícias e actualizações da Rádio Moçambique.

Instale a nossa App

crosschevron-down linkedin facebook pinterest youtube rss twitter instagram facebook-blank rss-blank linkedin-blank pinterest youtube twitter instagram