Governo do Malawi sem divisas para levantar combustível retido nos portos da Beira e Dar-Es-Salam

Publicado: 10/11/2022, 8:58
Categoria:

Governo do Malawi sem divisas para libertar quantidades não especificadas de combustível, retidas nos portos da Beira em Moçambique e Dar-Es-Salam na Tanzânia.

A situação agudizou a crise de combustível no Malawi, onde os automobilistas passam duas a três noites nas gasolineiras para o abastecimento das suas viaturas.

Devido a falta de combustível nos postos de abastecimento no Malawi, os distritos vizinhos de Moçambique e da Zâmbia, estão a ser concorridos para a aquisição do produto.

Relatos da Zâmbia indicam que algumas bombas de combustível localizadas na linha da fronteira, começam a experimentar crise de combustível, o mesmo que está acontecer nas gasolineiras de Zóbuè no distrito de Moatize, Angónia, Tsangano, Macanga na província de Tete.

Situação similar vive-se também nas províncias da Zambézia e Niassa.

Os malawianos estão adquirir grandes quantidades combustível nas gasolineiras localizadas na linha de fronteira com Moçambique, Zâmbia e Tanzânia, para posterior revenda a um preço especulativo do lado malawiano.

Face a situação, a coligação dos defensores dos Direitos Humanos no Malawi, chamou a imprensa para anunciar a realização de manifestações em massa em todo o país, caso o presidente Lazarus Chakwera não resolva a crise de combustível em 21 dias.

A coligação dos Defensores dos direitos humanos é um grupo forte no Malawi, que com Chakwera e Chilima liderou manifestações anti-governamentais em protesto da eleição de Peter Mutharika, que culminou com a anulação das eleições.

Três anos depois de Lazarus Chakwera ter chegado ao poder, a mesma organização posiciona-se contra a actual governação, solicitando ao Chefe de estado medidas concretas sobre a crise de combustível e falta de fertilizantes no país.

Gift Trapence, presidente da agremiação, disse acreditar na capacidade de Chakwera e para tal pede que o estadista malawiano demita todos os colaboradores que estão a ensombrar a sua governação.

O governo do Malawi através da Autoridade Reguladora de Energia, disse em comunicado, que os principais importadores de combustíveis do país, emitiram cartas de crédito à Moçambique e Tanzânia, facto que irá gradualmente melhorar a situação de abastecimento de combustíveis nos próximos dias. ( RM Blantyre)

Tags: 

Pesquisar

Últimas Notícias

Rádio Moçambique

Rua da Rádio N 2, P.O.Box 2000 | Rádio Moçambique, EP
Email: info@rm.co.mzFixo: +258 21 42 99 08Fax: +258 21 42 98 26
Subscreva agora

Bem-vindo ao nosso Centro de Subscrição de Newsletters Informativos. Subscreva no formulário abaixo para receber as últimas notícias e actualizações da Rádio Moçambique.

Instale a nossa App

crosschevron-down linkedin facebook pinterest youtube rss twitter instagram facebook-blank rss-blank linkedin-blank pinterest youtube twitter instagram