Governo quer acção coordenada das ONG´s na luta contra casamentos prematuros

Publicado: 04/08/2022, 13:13
Categoria:

O Governo quer uma acção coordenada entre as diversas organizações da sociedade civil visando a redução dos casos de uniões prematuras e gravidezes precoces nas comunidades.

A pretensão foi expressa, esta quarta-feira, em Maputo, pela Secretária-permanente da Secretaria do Estado da Juventude e Emprego, durante o Lançamento da Estratégia da Plan International Mozambique, para o período 2022-2026.

Ivete Ferrão defende que a complementaridade das iniciativas constitui factor crucial para maior abrangência e eficácia dos programas com enfoque na rapariga.

Já o director Nacional da Plan International Mozambique, Geral Magashi, avança que a província da Zambézia, será o foco do ciclo de implementação da estratégia ora lançada, em substituição de Inhambane que alcançou resultados satisfatórios sobre os direitos da rapariga.

No país, quarenta e oito por cento das mulheres com idades entre os 20 e 24 anos é casada, ou já tive uma união conjugal. (RM)

Tags: 

Pesquisar

Últimas Notícias

Rádio Moçambique

Rua da Rádio N 2, P.O.Box 2000 | Rádio Moçambique, EP
Email: info@rm.co.mzFixo: +258 21 42 99 08Fax: +258 21 42 98 26
Subscreva agora

Bem-vindo ao nosso Centro de Subscrição de Newsletters Informativos. Subscreva no formulário abaixo para receber as últimas notícias e actualizações da Rádio Moçambique.

Instale a nossa App

crosschevron-down linkedin facebook pinterest youtube rss twitter instagram facebook-blank rss-blank linkedin-blank pinterest youtube twitter instagram