Intervenientes na comercialização agrícola querem condições de rentabilização dos seus produtos

Publicado: 16/04/2021, 17:40
Categoria:

Os Produtores e comerciantes de produtos agrícolas de diferentes pontos do País, pedem ao governo para criar condições que garantam melhores rendimentos na presente campanha de comercialização 2021.

 

Os actores de produção e comercialização agrícola, queixam-se da intransitabilidade de maior parte das vias de acesso para o escoamento dos produtos, falta de mercado garantido, agro-processamento e competitividade.

O comerciante Cornélio Seta, aponta por exemplo para esta campanha um excedente, de cerca de vinte e oito mil toneladas de milho e dezassete mil de gergelim, sem mercado garantido no distrito de Balama em Cabo Delgado.

Suel Tatia, produtor de abacaxi, no distrito de Mandlakazi em Gaza, fala de uma perda na ordem de cinco toneladas por campanha, devido a falta do mercado e defende incentivos para a promoção do agro-processamento.

O sentimento foi manifestado esta sexta-feira, no terceiro Fórum nacional de comercialização agrícola, realizado no distrito de Chongoene, em Gaza, com a participação de diversos actores provenientes de diferentes províncias.

Face as estas preocupações, o ministro da Indústria e Comércio, Carlos Mesquita, garantiu que o governo está implementar um plano que visa reduzir as perdas e garantir a venda de todos os excedentes agrícolas, em benefício dos produtores, e dos respectivos comerciantes no país. (RM)

Pesquisar

Últimas Notícias

Rádio Moçambique

Rua da Rádio N 2, P.O.Box 2000 | Rádio Moçambique, EP
Email: info@rm.co.mzFixo: +258 21 42 99 08Fax: +258 21 42 98 26
Subscreva agora

Bem-vindo ao nosso Centro de Subscrição de Newsletters Informativos. Subscreva no formulário abaixo para receber as últimas notícias e actualizações da Rádio Moçambique.

Instale a nossa App

crosschevron-down linkedin facebook pinterest youtube rss twitter instagram facebook-blank rss-blank linkedin-blank pinterest youtube twitter instagram