Macron reuniu-se com Erdogan antes de cimeira da NATO

Publicado: 14/06/2021, 16:55
Categoria:

O presidente francês, Emmanuel Macron, reuniu-se esta segunda-feira, em Bruxelas, com o seu homólogo turco, Recep Tayyip Erdogan, para "esclarecer" os numerosos contenciosos franco-turcos dos últimos anos, indicou o palácio do Eliseu.

 

O frente-a-frente, "rico e substancial", segundo a Presidência francesa, durou 45 minutos, na sede da NATO, antes do início oficial da cimeira da Aliança.

"Os dois chefes de Estado tinham vontade de debater todos os temas em profundidade", precisou o Eliseu, indicando que ambos expressaram "vontade de avançar em conjunto na Síria e na Líbia", dois dos pontos de divergência entre os respetivos países.

Emmanuel Macron "recordou igualmente a sua intenção de clarificação estratégica entre aliados sobre os valores, os princípios e as regras dentro da NATO", segundo a Presidência francesa.

França e a Turquia manifestaram na NATO posições antagónicas numa série de questões, que se cristalizaram nomeadamente no Mediterrâneo Oriental, onde Paris apoiou Atenas contra as ambições de Ancara no setor do gás e onde um incidente opôs navios turcos e franceses em junho de 2020.

"Quando somos membros da mesma organização, não podemos decidir realizar operações unilaterais que são contrárias aos interesses das coligações que construímos", disse na quinta-feira Emmanuel Macron à imprensa.

As relações entre França e Turquia também se degradaram fortemente devido a desacordos sobre a Síria, a Líbia e, mais recentemente, sobre o conflito entre a Arménia e o Azerbaijão, em Nagorno-Karabakh.

Em outubro, Erdogan pôs em causa "a saúde mental" do seu homólogo francês, acusando-o de levar a cabo "uma campanha de ódio" contra o Islão, porque tinha defendido o direito de caricaturar o profeta Maomé e por causa do seu discurso contra o "separatismo islâmico" em França.

Na reunião de hoje, "foi feito um esclarecimento sobre o Islão", indicou o Eliseu.

Quanto a Fabien Azoulay, um cidadão francês condenado a 16 anos de prisão pela justiça turca, por posse de estupefacientes, Macron pediu ao seu homólogo para "permitir uma transferência acelerada" para França, segundo a Presidência francesa.

Numa curta viagem, em 2017, a Istambul, para realizar implantes capilares, Fabien Azoulay, de 43 anos, foi detido por ter comprado na Internet um frasco de GBL (gama-butirolactona), um solvente usado como droga recreativa estimulante. (RM-NM)

Pesquisar

Últimas Notícias

Rádio Moçambique

Rua da Rádio N 2, P.O.Box 2000 | Rádio Moçambique, EP
Email: info@rm.co.mzFixo: +258 21 42 99 08Fax: +258 21 42 98 26
Subscreva agora

Bem-vindo ao nosso Centro de Subscrição de Newsletters Informativos. Subscreva no formulário abaixo para receber as últimas notícias e actualizações da Rádio Moçambique.

Instale a nossa App

crosschevron-down linkedin facebook pinterest youtube rss twitter instagram facebook-blank rss-blank linkedin-blank pinterest youtube twitter instagram