Malawi: Corte de salário a quadros superiores do Banco Central

Publicado: 17/03/2021, 21:01
Categoria:

No Malawi, o Governador do Banco Central, Wilson Banda, ordena corte de salários à metade, para todos os membros de alto escalão que ocupam cargos executivos, como medida de austeridade, face ao actual estágio da economia do país.

 

O salário do governador Wilson Banda, foi reduzido de 27 milhões de kwachas, cerca de dois milhões e setecentos mil meticais, para 12,5 milhões de kwachas, cerca de um milhão e duzentos e cinquenta mil meticais.

O salário do vice-governador, Henry Mathanga, baixou de 22 milhões de kwachas, cerca de dois milhões e duzentos mil meticais para dez milhões de kwachas, cerca de um milhão de meticais.

A ordem abrangeu todos os escalões superiores do Banco de reserva do Malawi.

A decisão não agradou os gestores do Banco Central, prova disso, o vice-governador Henry Mathanga submeteu uma queixa ao tribunal de relações industriais para impedir o banco a efectuar corte sobre o seu salário.

Altos funcionários do Reserve Bank of Malawi, estão igualmente protestando contra a decisão do conselho de administração do banco central de reajustar em baixa os seus salários.

Argumentaram colectivamente numa carta dirigida ao governador do banco central, que o conselho de administração não tem autoridade legal, para decidir unilateralmente sobre a redução de salários, sem o consentimento dos visados.

“O salário é uma questão contratual que constitui a base de nossos respectivos compromissos de trabalho com o banco, portanto não pode ser alterado sem consulta prévia”, sublinha-se na carta assinada pelos visados.

O tribunal de relações industriais do Malawi já deu o seu veredicto, impedindo o banco central de efectuar o corte salarial ao vice-governador.

Contudo, o governador do banco central, Wilson Banda, mantém a sua decisão.

Metade da população do Malawi, estimada em 18 milhões de habitantes, vive abaixo da linha de pobreza.

Apenas 11% da população, tem acesso a energia, figurando na lista dos países mais pobres do mundo, com uma dívida pública de cinco biliões de dólares.

Os salários e as regalias no sector público, estão acima dos recursos económicos locais. ( RM Blantyre)

Pesquisar

Últimas Notícias

Rádio Moçambique

Rua da Rádio N 2, P.O.Box 2000 | Rádio Moçambique, EP
Email: info@rm.co.mzFixo: +258 21 42 99 08Fax: +258 21 42 98 26
Subscreva agora

Bem-vindo ao nosso Centro de Subscrição de Newsletters Informativos. Subscreva no formulário abaixo para receber as últimas notícias e actualizações da Rádio Moçambique.

Instale a nossa App

crosschevron-down linkedin facebook pinterest youtube rss twitter instagram facebook-blank rss-blank linkedin-blank pinterest youtube twitter instagram