Malawi. PMA sem dinheiro para assistir mais de 50 mil refugiados no campo de Dzaleka

Publicado: 09/11/2022, 8:30
Categoria:

O Programa Mundial de Alimentação (PMA), está desprovido de condições financeiras para dar assistência a mais de cinquenta mil refugiados e requerentes de asilo que vivem no campo de Dzaleka, no Malawi.

A incapacidade financeira é declarada numa altura em que o Malawi está a receber centenas de refugiados provenientes da República Democrática do Congo, face ao conflito armado que se assiste naquela país.

Esta avalanche de pessoas, constitui uma sobrecarrega aos já escassos recursos destinados ao maior campo de refugiados do Malawi.

Desde 2021, o PMA fornece alimentos aos mais de cinquenta mil refugiados por meio de transferências monetárias bancárias e rações reduzidas para cerca de 75 por cento das necessidades calóricas diárias.

O chefe das comunicações do PMA, no Malawi, Badre Bahaji deu a conhecer que os recursos financeiros existentes irão assegurar a assistência alimentar aos refugiados até Fevereiro do próximo ano.

Ao longo de 2022, os preços dos alimentos agravaram-se, corroendo o poder de compra limitado dos pobres e refugiados do Malawi.

O conflito na RDC provocou um fluxo contínuo de refugiados para o Malawi, por mais de duas décadas.

Dezenas de milhares de pessoas da RDC deslocaram-se recentemente depois de, os rebeldes tomarem novos territórios daquele país.

A agência da ONU para os refugiados (ACNUR) diz que em Setembro último, o campo de Dzaleka, localizado a cerca de 40 quilómetros ao norte da capital malawiana, Lilongwe, recebeu 423 refugiados, na sua maioria provenientes da RDC.

Esta cifra está acima de uma média entre 300 e 400 refugiados por mês.

Kenyi Emanuel, relator do ACNUR no Malawi, afirma ser um grande desafio fornecer ajuda alimentar a todos refugiados, pois o financiamento foi cortado à metade.

Ainda sobe o Malawi e como nota de fecho, o país recebeu, esta segunda-feira 2,9 milhões de doses da vacina oral contra a cólera, que já fez 207 óbitos, num cumulativo de sete mil e trinta casos . (RM Blantyre)

Tags: ,

Pesquisar

Últimas Notícias

Rádio Moçambique

Rua da Rádio N 2, P.O.Box 2000 | Rádio Moçambique, EP
Email: info@rm.co.mzFixo: +258 21 42 99 08Fax: +258 21 42 98 26
Subscreva agora

Bem-vindo ao nosso Centro de Subscrição de Newsletters Informativos. Subscreva no formulário abaixo para receber as últimas notícias e actualizações da Rádio Moçambique.

Instale a nossa App

crosschevron-down linkedin facebook pinterest youtube rss twitter instagram facebook-blank rss-blank linkedin-blank pinterest youtube twitter instagram