Malawi. Presidente declara guerra contra servidores públicos envolvidos em actos de corrupção 

Publicado: 09/08/2022, 9:49
Categoria:

O Presidente do Malawi declara guerra contra servidores públicos envolvidos em actos de corrupção. 

Lazarus Chakwera que falava na Conferência Nacional Anti-Corrupção, alertou aos indivíduos que vivem ainda da corrupção ou planeiam  enveredar por esta prática, que a lei será aplicada e a cadeia, sua próxima morada.

Segundo Chakwera, os malawianos estão “fartos” com recorrentes notícias sobre a prática generalizada de corrupção no país e o governo está a agir sem complacência contra os culpados.

O chefe de estado malawiano  disse acreditar que a luta contra a corrupção será vencida e para tal pede o envolvimento de todos na prevenção e combate do maior inimigo do desenvolvimento.

A Conferência Nacional Anti-corrupção, realizada sob o lema "Redefinindo o tom moral", serviu para o lançamento de vinte semanas de activismo contra a corrupção no país.

O último relatório da Transparência Internacional que é o índice global de percepção da corrupção, coloca Malawi em 110º lugar entre 180 países, o que Chakwera disse ser preocupante.

Várias figuras proeminentes do governo do dia e do antigo presidente, Peter Mutharika, incluindo deputados da Assembleia da República, recolheram para a cadeia durante os dois anos e meio de mandato de Lazarus Chakwera, acusados de prática de corrupção.

Três antigos ministros do governo de Chakwera, nomeadamente do Trabalho, Energia e Terras, foram demitidos e encarcerados, por suspeita de prática de actos ilícitos.

Em conexão com actos de corrupção, o Chefe de estado, deixou de delegar funções ao seu vice-presidente e demitiu o comandante-geral da polícia, o director-geral do Gabinete de combate à corrupção e ordenou a cessação de funções a 28 administradores distritais.

Propriedades de alguns altos funcionários do governo, suspeitos de serem adquiridos de forma fraudulenta, foram confiscadas pelo Departamento central de combate à corrupção. 

Ademais o governo fez passar uma lei na Assembleia da República, que cria um Tribunal de crimes financeiros e de corrupção, para dar vasão aos processos de corrupção que se encontram em tribunais judiciais. ( RM)

Tags: ,,

Pesquisar

Últimas Notícias

Rádio Moçambique

Rua da Rádio N 2, P.O.Box 2000 | Rádio Moçambique, EP
Email: info@rm.co.mzFixo: +258 21 42 99 08Fax: +258 21 42 98 26
Subscreva agora

Bem-vindo ao nosso Centro de Subscrição de Newsletters Informativos. Subscreva no formulário abaixo para receber as últimas notícias e actualizações da Rádio Moçambique.

Instale a nossa App

crosschevron-down linkedin facebook pinterest youtube rss twitter instagram facebook-blank rss-blank linkedin-blank pinterest youtube twitter instagram