Ministério Saúde reconhece ser crítica a situação de recursos humanos no sector

Publicado: 11/02/2021, 20:55
Categoria:

O Ministério da Saúde diz que só daqui a mais de 40 anos é que o país poderá suprir o défice de médicos especialistas, caso o ritmo de formação destes profissionais se mantenha inalterado.

 

Questões financeiras é que estão na origem do fraco ritmo na formação de técnicos especialistas no país.

A preocupação foi expressa hoje pelo Ministro da Saúde, Armindo Tiago, na abertura do primeiro Seminário de Formação Acelerada de Técnicos Especialistas de Saúde.

Armindo Tiago reconheceu ser crítica a situação de recursos humanos no sector de saúde.

Com o Seminário de Formação Acelerada de Pessoal Especializado de Saúde, o sector quer melhorar a sua actuação, com foco virado para a pandemia da Covid-19. ( RM)

Pesquisar

Últimas Notícias

Rádio Moçambique

Rua da Rádio N 2, P.O.Box 2000 | Rádio Moçambique, EP
Email: info@rm.co.mzFixo: +258 21 42 99 08Fax: +258 21 42 98 26
Subscreva agora

Bem-vindo ao nosso Centro de Subscrição de Newsletters Informativos. Subscreva no formulário abaixo para receber as últimas notícias e actualizações da Rádio Moçambique.

Instale a nossa App

crosschevron-down linkedin facebook pinterest youtube rss twitter instagram facebook-blank rss-blank linkedin-blank pinterest youtube twitter instagram