Moçambique: Terrorismo e pobreza extrema minam gozo pleno dos direitos da criança

Publicado: 22/11/2022, 9:31
Categoria:

O gestor de Operações da Save the Children, John Francisco, refere que o terrorismo em Cabo Delgado, a pobreza extrema e uniões prematuras ainda constituem barreirais para o gozo pelo dos direitos da criança.

John Francisco fez o pronunciamento, esta segunda-feira, na cidade de Chimoio, em Manica, num debate alusivo às comemorações dos trinta e três anos da adopção da Convenção dos Direitos da Criança subordinado ao lema “inclusão para toda a criança''.

O director da PLASOC, em Manica, Damilo Mairosse defende a inclusão integral da criança sem discriminação racial, de classe social e outras formas.

O director provincial da Educação, Albino Chaparica disse que o ingresso da criança na escola é grátis como forma de maior inclusão.

Também, segundo Albino Chaparica, os professores estão a ser formados para atender a crianças com necessidades educativas especiais.

A presidente do parlamento Infantil, em Chimoio, Olívia Guerra disse que apesar de avanços no que diz respeito à inclusão da criança, há ainda muito trabalho.

O debate em comemoração dos trinta anos da adopção da Convenção do Direito das Crianças foi organizado pela Plataforma da Sociedade Civil (PLASOC) em parceira com a Save the Children. (RM)

Tags: 

Pesquisar

Últimas Notícias

Rádio Moçambique

Rua da Rádio N 2, P.O.Box 2000 | Rádio Moçambique, EP
Email: info@rm.co.mzFixo: +258 21 42 99 08Fax: +258 21 42 98 26
Subscreva agora

Bem-vindo ao nosso Centro de Subscrição de Newsletters Informativos. Subscreva no formulário abaixo para receber as últimas notícias e actualizações da Rádio Moçambique.

Instale a nossa App

crosschevron-down linkedin facebook pinterest youtube rss twitter instagram facebook-blank rss-blank linkedin-blank pinterest youtube twitter instagram