Muçulmanos em Sofala afirmam que não se pode associar terrorismo ao Islão

Publicado: 13/05/2021, 19:21
Categoria:

Os muçulmanos na província de Sofala afirmam que não se pode associar os ataques terroristas em Cabo Delgado ao Islão, sustentando que as principais vítimas são os praticantes desta religião.  

 Referem que o Islão é pela paz e amor, não havendo qualquer ligação ao extremismo.

Entrevistados a propósito das festividades do Eid- Ul-Fitre, os muçulmanos em Sofala dizem que os que praticam ataques terroristas fazem-no em nome próprio e contra a vontade de Deus.  

Os porta-vozes da Associação Muçulmana de Sofala, Idriss Chafurdine e Muhamed Rafik, sublinham que a violência armada é condenável a todos os títulos.

Por outro lado, a comunidade muçulmana congratula as medidas tomadas pelo governo para mitigar o impacto da pandemia da covid-19 no país.

O Eid- ul- Fitre é a celebração muçulmana que marca o fim do jejum (Ramadão). (RM)

Pesquisar

Últimas Notícias

Rádio Moçambique

Rua da Rádio N 2, P.O.Box 2000 | Rádio Moçambique, EP
Email: info@rm.co.mzFixo: +258 21 42 99 08Fax: +258 21 42 98 26
Subscreva agora

Bem-vindo ao nosso Centro de Subscrição de Newsletters Informativos. Subscreva no formulário abaixo para receber as últimas notícias e actualizações da Rádio Moçambique.

Instale a nossa App

crosschevron-down linkedin facebook pinterest youtube rss twitter instagram facebook-blank rss-blank linkedin-blank pinterest youtube twitter instagram