OMS mantém a covid-19 como emergência de saúde pública global

Publicado: 19/10/2022, 22:09
Categoria:

Tedros Ghebreyesus justifica a decisão com a evolução incerta da pandemia.
A Organização Mundial de Saúde (OMS) anunciou, esta quarta-feira, que decidiu manter a covid-19 como emergência de saúde pública de preocupação internacional, devido à evolução incerta da pandemia.
A decisão foi tomada na semana passada, numa reunião do Comité de Emergência para a covid-19, onde se discutiu a situação global e o caminho a seguir.
"Embora a situação global tenha obviamente melhorado desde o início da pandemia de covid-19, o vírus continua a mudar e ainda há muitos riscos e incertezas. Esta pandemia já nos surpreendeu antes e pode muito bem fazê-lo novamente", justificou o director-geral da organização, Tedros Ghebreyesus.
"A opinião do comité é que a Covid-19 continua a ser uma emergência de saúde pública de interesse internacional, e eu concordo", acrescentou.
A OMS tem repetido, nos últimos meses, que embora o número de novos casos esteja a cair um pouco por todo o mundo, os países devem manter-se vigilantes e impulsionar a vacinação das populações mais vulneráveis.
"Ainda há o risco de novas variantes agravarem o impacto contínuo na saúde, particularmente à medida que o inverno se aproxima no hemisfério norte, e ainda há a necessidade de uma resposta internacional coordenada para enfrentar as desigualdades no acesso a ferramentas que salvam vidas", adiantou a organização com sede em Genebra.
A OMS salienta que, embora as mortes semanais estejam próximas do valor mais baixo desde que a pandemia começou, esse número "permanece alto em comparação com outros vírus respiratórios".
Além disso, na sua recomendação, o comité considerou as dúvidas sobre as características genéticas e antigénicas das futuras variantes do SARS-CoV-2, que são agravadas em grande medida pelas "lacunas atuais" na vigilância global, que dificultam a identificação e a avaliação atempada dessas mudanças.
A evolução contínua do vírus que causa a covid-19 pode "representar desafios para as vacinas e terapêuticas atuais", alerta a OMS, sublinhando que ainda permanecem "iniquidades no acesso" à vacinação e a tratamentos entre países.
"No geral, o comité considerou que a situação permanece dinâmica e requer reavaliações frequentes, e que o término da PHEIC, quando considerado viável, deve ser implementado da forma mais segura possível", refere o comunicado.
Recorde-se que este comité da OMS declarou a pandemia de covid-19 como emergência de saúde pública pela primeira vez a 30 de Janeiro de 2020. (RM /NMinuto)

Tags: ,

Pesquisar

Últimas Notícias

Rádio Moçambique

Rua da Rádio N 2, P.O.Box 2000 | Rádio Moçambique, EP
Email: info@rm.co.mzFixo: +258 21 42 99 08Fax: +258 21 42 98 26
Subscreva agora

Bem-vindo ao nosso Centro de Subscrição de Newsletters Informativos. Subscreva no formulário abaixo para receber as últimas notícias e actualizações da Rádio Moçambique.

Instale a nossa App

crosschevron-down linkedin facebook pinterest youtube rss twitter instagram facebook-blank rss-blank linkedin-blank pinterest youtube twitter instagram