País perde anualmente perto de quatro mil milhões de meticais devido a pesca furtiva na Zona Económica Especial

Publicado: 19/08/2022, 20:51
Categoria:

O país perde, anualmente, acima de 60 milhões de dólares, o equivalente a perto de quatro mil milhões de meticais, como resultado da pesca furtiva na Zona Económica Especial.

O coordenador do Instituto Nacional da Marinha, Leonid Chimarizane, referiu que com a pesca ilegal, várias embarcações deixam de pagar taxas portuárias, não contribuindo, deste modo, para a dinamização da economia.

Chimarizane falava, esta tarde, após o encerramento do Oitavo Conselho Coordenador do Ministério do Mar, Águas Interiores e Pescas, que decorreu, em Maputo.

“Se paga taxa de licença, esta embarcação acaba entrando naquilo que é do porto. No porto tem que pagar taxas portuárias, abastecer em víveres, em água, energia  e tem que processar  o produto, é só imaginar essa cadeia toda. Depois daí tem que exportar. Isso quer dizer que uma embarcação acaba dinamizando a economia, nesse sentido. E agora se estamos a falar de tantas embarcações que não entram no circuito económico e Moçambique acaba perdendo muito mais. Não é só a  questão da licença, até o emprego também, da população moçambicana, porque vão participar nessa cadeia toda”, afirmou.

.

Na ocasião, o Coordenador do Instituto Nacional da Marinha avançou que a instituição adquiriu mais cinco embarcações visando o reforço da fiscalização da pesca, em todo o País. (RM)

Tags: ,,

Pesquisar

Últimas Notícias

Rádio Moçambique

Rua da Rádio N 2, P.O.Box 2000 | Rádio Moçambique, EP
Email: info@rm.co.mzFixo: +258 21 42 99 08Fax: +258 21 42 98 26
Subscreva agora

Bem-vindo ao nosso Centro de Subscrição de Newsletters Informativos. Subscreva no formulário abaixo para receber as últimas notícias e actualizações da Rádio Moçambique.

Instale a nossa App

crosschevron-down linkedin facebook pinterest youtube rss twitter instagram facebook-blank rss-blank linkedin-blank pinterest youtube twitter instagram