País. Protecção social básica da pessoa com deficiência constitui desafio

Publicado: 20/09/2022, 21:06
Categoria:

No país, várias pessoas continuam a ser obrigadas a parar precocemente de trabalhar, por ter contraído deficiência.

O facto foi revelado, esta terça-feira, em Maputo, pelo director executivo do Fórum das Associações Moçambicanas de Pessoas com Deficiência (FAMOD), Cleodoro Castiano, durante uma Conferência sobre deficiência e direitos humanos.

Cleodoro Castiano diz que a legislação moçambicana deveria trazer mais instrumentos que se traduzissem em mecanismos para a melhoria das condições de vida do ex-trabalhador.

A protecção social básica da pessoa com deficiência, constitui ainda um enorme desafio.

A propósito, Sérgio Miguel, que moderou no evento o painel sobre o acesso ao emprego e protecção social, referiu que a assistência básica tem de mudar de paradigma.

Deixar de ser assistencialista e adoptar gradualmente a vertente de previdência social, em função do contributo que tenha sido dado pelo contribuinte, durante o seu período laboral.

A Conferência sobre deficiência e direitos humanos, debateu. entre outros assuntos, o acesso à saúde, educação inclusiva, deficiência no contexto da cooperação internacional.( RM)

Tags: ,

Pesquisar

Últimas Notícias

Rádio Moçambique

Rua da Rádio N 2, P.O.Box 2000 | Rádio Moçambique, EP
Email: info@rm.co.mzFixo: +258 21 42 99 08Fax: +258 21 42 98 26
Subscreva agora

Bem-vindo ao nosso Centro de Subscrição de Newsletters Informativos. Subscreva no formulário abaixo para receber as últimas notícias e actualizações da Rádio Moçambique.

Instale a nossa App

crosschevron-down linkedin facebook pinterest youtube rss twitter instagram facebook-blank rss-blank linkedin-blank pinterest youtube twitter instagram