Presidente da República participa hoje no funeral de Eduardo dos Santos

Publicado: 28/08/2022, 9:08
Categoria:

O Presidente da República, Filipe Nyusi, participa hoje no funeral do antigo estadista angolano, José Eduardo dos Santos, que morreu a 8 de Julho, em Barcelona, na Espanha, vítima de doença.
O Chefe de Estado moçambicano vai juntar-se a outros estadistas africanos e do resto do mundo para o último adeus a José Eduardo dos Santos.
À sua chegada Luanda, o Presidente da República disse à imprensa que a sua visita a Angola, enquadra-se no espírito de solidariedade de Moçambique para com o povo angolano.
“Viemos aqui em solidariedade de um irmão que partiu para sempre mas um irmão que muito fez para esta pátria, para a nossa região, que muito fez para África. Então, seria incompleto o acompanhamento dele, sem a presença de Moçambique” disse.
Já o presidente de Portugal, Marcelo Rebelo de Sousa, disse, à sua chegada à Luanda, que a presidência de José Eduardo dos Santos marcou a afirmação de Angola no mundo.
O general Francisco Furtado, ministro do Estado e chefe da Casa Militar da presidência angolana, disse na Praça da República, local onde decorre a homenagem pública a José Eduardo dos Santos, que com sabedoria, empenho e muita mestria, o antigo presidente de Angola conseguiu trazer a paz definitiva para o país.
As cerimónias fúnebres do ex-presidente angolano José Eduardo dos Santos, iniciadas no sábado, concluem-se hoje, data em que completaria 80 anos, com um funeral de Estado na presença de vários Presidentes.
O antigo chefe de Estado morreu em 08 de Julho, com 79 anos, em Barcelona, Espanha, onde passou a maior parte do tempo nos últimos cinco anos.
O corpo de José Eduardo dos Santos, que governou Angola de 1979 a 2017, chegou a Luanda no passado dia 20, depois de as autoridades judiciais espanholas terem decidido entregar a guarda do corpo à viúva e mãe de três dos seus oito filhos, Ana Paula dos Santos.
Hoje, haverá honras militares num programa que inclui música lírica, leitura de mensagens do Estado angolano e da família, do Movimento Popular de Libertação de Angola (MPLA), da Fundação José Eduardo Santos e leitura do elogio fúnebre, bem como um culto ecuménico, acompanhado de grupos corais.
Após um momento de saudação e deposição de coroa de flores por parte do Presidente da República, João Lourenço, segue-se a saída da urna com honras militares e início do cortejo fúnebre para o jazigo onde haverá uma cerimónia restrita, com representantes de governos estrangeiros.
Entre os convidados estão 21 delegações de alto nível, incluindo os Presidentes de Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe, Cabo Verde, Guiné-Bissau, República Democrática do Congo, República do Congo, Zimbabwe e África do Sul, bem como representantes de Ruanda, Guiné Equatorial, Gabão, Namíbia, Timor-Leste e Zâmbia.
Serão ainda ouvidas 21 salvas de canhões, realizando-se um sobrevoo honorífico de aeronaves e manobras da Marinha angolana na baía da Chicala, sendo as cerimónias concluídas com a deposição da urna no jazigo, com uma oração.
Eduardo dos Santos sucedeu a Agostinho Neto como Presidente de Angola, em 1979, e deixou o cargo em 2017.(RM)

Tags: 

Pesquisar

Últimas Notícias

Rádio Moçambique

Rua da Rádio N 2, P.O.Box 2000 | Rádio Moçambique, EP
Email: info@rm.co.mzFixo: +258 21 42 99 08Fax: +258 21 42 98 26
Subscreva agora

Bem-vindo ao nosso Centro de Subscrição de Newsletters Informativos. Subscreva no formulário abaixo para receber as últimas notícias e actualizações da Rádio Moçambique.

Instale a nossa App

crosschevron-down linkedin facebook pinterest youtube rss twitter instagram facebook-blank rss-blank linkedin-blank pinterest youtube twitter instagram