Presidente sul-africano dirige-se esta noite á Nação

Publicado: 12/07/2021, 17:03
Categoria:

O Presidente sul-africano dirige-se esta noite á nação, a partir das vinte horas, sobre a resposta do governo face a persistente violência  pública, que tomou conta de várias regiões das províncias de Kwazulu-Natal e Gauteng.

 

É verdade que ontem, Cyril Ramaphosa referiu-se a estes acontecimentos, mas foi durante um discurso, cujo foco era a avaliação das medidas de combate á covid-19.

Hoje, espera-se que Ramaphosa volte, obviamente, a condenar estes actos violentos, mas espera-se que informe sobre medidas concretas a serem tomadas para travar  a escalada de violência.

Alguns analistas chegam a recomendar que o presidente sul-africano declare o estado de emergência, nas províncias de Kwazulu Natal e Gauteng.

A verdade é que devido a persistente onda de saques a lojas e destruição de propriedades, em vários locais, o presidente autorizou o  envio de militares para pontos críticos, nas duas províncias.

Os militares estão a apoiar a polícia no gigantesco esforço de repor a ordem e a tranquilidade públicas.

Neste momento polícias em licença, ou destacados para outras zonas do país, estão a ser solicitados para ajudar na situação.

Ao longo da tarde de hoje fomos assistindo a assaltos a grandes centros comerciais, a exemplo de Soweto, em Joanesburgo, e Katlehong, em Ekurhuleni.

Várias actividades, com destaque para o comércio e transporte, praticamente não funcionaram, devido a acção dos manifestantes.

Ao princípio desta noite, supostos apoiantes de Jacob Zuma bloquearam algumas estradas de Pietemarritzburg, a capital de Kwazulu Natal, dificultando o trânsito normal.

A polícia ainda não actualizou os dados, mas o número de mortos pode ascender os sete e duzentos e dezanove detidos anunciados no período da manhã.

Os actos de violência em Kwazulu Natal e Gauteng acabaram ofuscando, a sessão virtual do Tribunal Constitucional que hoje ouviu os argumentos do ex-presidente, Jacob Zuma, que solicita a reconsideração da pena de quinze meses de prisão ( RM )

Pesquisar

Últimas Notícias

Rádio Moçambique

Rua da Rádio N 2, P.O.Box 2000 | Rádio Moçambique, EP
Email: info@rm.co.mzFixo: +258 21 42 99 08Fax: +258 21 42 98 26
Subscreva agora

Bem-vindo ao nosso Centro de Subscrição de Newsletters Informativos. Subscreva no formulário abaixo para receber as últimas notícias e actualizações da Rádio Moçambique.

Instale a nossa App

crosschevron-down linkedin facebook pinterest youtube rss twitter instagram facebook-blank rss-blank linkedin-blank pinterest youtube twitter instagram