Recuperados 66 contentores com madeira que haviam desaparecido no porto de Pemba, em C. Delgado

Publicado: 16/05/2021, 17:54
Categoria:

Sessenta e seis dos setenta e seis contentores com madeira não processada, que haviam desaparecido no porto de Pemba, em Cabo Delgado, em circunstâncias consideradas estranhas, foram recuperados.

 Faziam parte do lote de cento e dois contentores apreendidos em Agosto de dois mil e vinte, setenta e seis dos quais contendo madeira em touro, cuja exportação, por lei, é proibida.

O procurador-chefe provincial, Octávio Zilo, que este domingo convocou uma conferência de imprensa para anunciar o facto, disse que a madeira estava a ser exportada através de artifícios fraudulentos para a China.

Octávio Zilo, disse que o navio que transportava os contentores com madeira está atracado no porto de Pemba, desde este sábado, sendo que em conexão com o caso, foram detidos dois indivíduos, que se juntam a Ming Zhou, cidadão de nacionalidade chinesa, por sinal fiel depositário, constituído arguido, logo após o sucedido.

“Emitimos o mandado de busca e apreensão internacional, accionámos os mecanismos de cooperação jurídica judiciária em matéria penal, lançamos mãos aos acordos bilaterais entre a República Popular da China e Moçambique através da embaixada da China e tivemos também e sobretudo um grande apoio das Linhas de navegação marítima internacional e que conjugadas todas as entidades, com os apoios do  Ministério da Terra, Ambiente E Desenvolvimento Rural (MITADER ) e de nível central da PGR, através do Gabinete de Recuperação de Activos, conseguimos trazer a madeira à República de Moçambique”, disse.

Octávio Zilo que considera a devolução da carga um golpe duro contra o crime organizado.

Explicou que o ministério público continua a investigar e que mais pessoas envolvidas na operação de exportação ilegal da madeira poderão ser detidas nos próximos tempos.

O Procurador-Chefe Provincial, em Cabo Delgado, disse não ter dúvidas de que todas as empresas de exportação de madeira estejam envolvidas nesta operação de exportação ilegal.

Avançou que os restantes dez contentores já estão na China e que decorrem diligência para a sua devolução.

De referir que no primeiro processo, nove indivíduos haviam sido constituídos arguidos e que aguardavam o julgamento em liberdade provisória, sob o pagamento de caução. (RM)

Pesquisar

Últimas Notícias

Rádio Moçambique

Rua da Rádio N 2, P.O.Box 2000 | Rádio Moçambique, EP
Email: info@rm.co.mzFixo: +258 21 42 99 08Fax: +258 21 42 98 26
Subscreva agora

Bem-vindo ao nosso Centro de Subscrição de Newsletters Informativos. Subscreva no formulário abaixo para receber as últimas notícias e actualizações da Rádio Moçambique.

Instale a nossa App

crosschevron-down linkedin facebook pinterest youtube rss twitter instagram facebook-blank rss-blank linkedin-blank pinterest youtube twitter instagram