Restos mortais do jornalista Edmundo Galiza Matos vão a enterrar esta 4ª feira no Lhanguene

Publicado: 15/06/2021, 9:56
Categoria:

Os restos mortais do jornalista reformado da Rádio Moçambique, Edmundo Galiza Matos, vão a enterrar, esta quarta- feira, no cemitério de Lhanguene, na cidade de Maputo

 

O funeral realiza-se às 11horas, antecedido de velório na sede do Sindicato Nacional do Jornalistas (SNJ), pelas 9 horas.

Edmundo Galiza Matos perdeu a vida no domingo, em Maputo, vítima de doença.

Edmundo Galiza Matos nasceu em 11 de Agosto de 1954 no distrito de Inharrime, província de Inhambane e cresceu na província de Cabo Delgado, onde iniciou a carreira de jornalista em Junho de 1975, no então Emissor Regional de Porto Amélia, actual Pemba.

É designado em 1980, delegado no Emissor Provincial de Nampula, cargo que desempenhou até 1986.

Transferido em 1986 para a sede da Rádio Moçambique, em Maputo, Edmundo Galiza Matos integrou a Redacção Central durante 24 anos, ininterruptamente. Terminou a carreira em 2010 como Editor-Sénior.

Edmundo Galiza Matos deixa viúva e dois filhos.

A Rádio Moçambique endereça sentidas condolências à família enlutada. (RM)

Pesquisar

Últimas Notícias

Rádio Moçambique

Rua da Rádio N 2, P.O.Box 2000 | Rádio Moçambique, EP
Email: info@rm.co.mzFixo: +258 21 42 99 08Fax: +258 21 42 98 26
Subscreva agora

Bem-vindo ao nosso Centro de Subscrição de Newsletters Informativos. Subscreva no formulário abaixo para receber as últimas notícias e actualizações da Rádio Moçambique.

Instale a nossa App

crosschevron-down linkedin facebook pinterest youtube rss twitter instagram facebook-blank rss-blank linkedin-blank pinterest youtube twitter instagram